Vereadores recebem secretário estadual de Segurança Pública

por cma — publicado 06/12/2012 23h00, última modificação 06/06/2016 11h07
Na ocasião foram apresentadas demandas da cidade Na tarde desta quinta-feira (06-12), a convite do vereador Valmir Jacinto (PTC), o secretário Estadual de Segurança Pública de Goiás, Joaquim Mesquita esteve na Câmara Municipal. Na ocasião, o representante do Governo do Estado foi recebido pelo presidente do Legislativo, Fernando Cunha (PSDB), e pelos vereadores, Mauro Severiano (PDT), Luiz Lacerda (PT), Luiz Garcia (PTB), Pedro Mariano (PP), João Feitosa (PP), Sírio Miguel (PSB) e Dinamélia Rabelo (PT).
Vereadores recebem secretário estadual de Segurança Pública

Vereadores recebem secretário estadual de Segurança Pública

Ao convocar o encontro com o secretário, o vereador Valmir Jacinto evidenciou que seria importante que o novo titular da Segurança Pública Estadual tomasse conhecimento das demandas da cidade, já que tomou posse em seu cargo recentemente. Durante a reunião que aconteceu no plenário da Casa, o petecista solicitou ainda que “o senhor escutasse com atenção as colocações dos vereadores, porque são pedidos e necessidades da população”.
 
Todos os vereadores presentes no plenário puderam fazer a suas reivindicações. Mauro Severiano criticou a falta de investimentos em diversos setores da segurança no município. O pedetista ressaltou ainda o aumento na criminalidade em Anápolis “Só esse ano foram 140 mortes violentas. Em 2011 foram 86. Providências sérias e rápidas precisam ser tomadas”, falou.
 
João Feitosa lembrou que há dois anos o seu sobrinho foi assassinado ao chegar ao trabalho e até agora a Polícia Civil não identificou os autores do crime. “ Mas sem investimentos tanto na Polícia Civil e Militar não sabemos nem se essa resposta um dia virá, os órgãos de segurança precisam de condições estruturais para o trabalho. Anápolis cresceu e precisa ser melhor assistida neste setor. Segurança hoje faz parte da qualidade de vida da comunidade”, disse.
 
Sírio Miguel esteve ao lado de Valmir Jacinto na idealização do encontro com Joaquim Mesquita. O vereador lembrou que um dos maiores problemas de Anápolis é a questão do presídio. “Uma novela que se arrasta há décadas. O Governo dá desculpas de que não tinha área para construir uma nova unidade e nem recursos financeiros. O município doou o terreno e agora dizem que tem recursos, mas não adiantou nada. O projeto não sai do papel”.
 
Outra situação colocada pelo parlamentar foi a questão das delegacias de Polícia Civil na cidade. “Não tem estrutura para trabalho dos agentes e delegados, imagina para prender os criminosos que hoje ficam amontoados em uma cela na Regional e vigiados por agentes ou policiais militares”, ressaltou.
 
Luiz Lacerda disse que como vereador e representante da população em Anápolis resumiria ao secretário a sensação vivida pela população. “É de total insegurança. Acreditamos que a cidade não faz parte do raio de ação da Secretaria de Segurança Pública, e isso pode ser confirmado por tudo que foi dito pelos colegas”, afirmou.
 
O presidente Fernando Cunha reforçou que todas as colocações dos parlamentares podem parecer repetitivas, mas a função dos vereadores é cobrar das autoridades porque no dia-a-dia da cidade os parlamentares são cobrados pela população. “Sabemos da competência de todos vocês, seja do Governo de Goiás ou das Polícias Civil e Militar, mas, de fato, agradecemos a presença de todos, e contamos com o empenho de cada um para solucionar as demandas da nossa cidade”, disse.
 
Resposta
 
Em resposta às colocações dos vereadores o secretário de Segurança Pública afirmou que estará sempre a disposição para atender as demandas da cidade. Segundo ele, todas as solicitações dos vereadores são válidas, e mesmo não sendo possível resolver as demandas de uma hora para a outra, o seu compromisso é trabalhar para melhorar a questão da estrutura das delegacias e, principalmente, tirar o projeto da construção presídio do papel.
 
“Temos o projeto, área, recursos financeiros, empenho, licitação, mas, quando tudo estava pronto para o início das obras, a empresa executora dos serviços desistiu. A boa notícia é que já estamos quase acertando com uma segunda empreiteira e resolvendo esse problema”, destacou. Joaquim Mesquita também falou dos desafios de assumir a Secretaria de Segurança Pública e, por fim anunciou que no dia 14 de dezembro retorna a Anápolis para uma nova visita.
 
“Pretendo conhecer as delegacias da cidade, a começar pela Regional, conhecer a sede do Corpo de Bombeiros”, Além disso, está nos projetos do titular da Secretaria de Segurança Pública uma visita ao prefeito Antônio Roberto Gomide (PT). “Se possível, posso até retornar à Câmara. Podem contar comigo que pretendo ser um aliado de Anápolis”, comentou.
 
Presenças
 
O secretário Joaquim Mesquita esteve na Câmara Municipal acompanhado de uma grande comitiva de agentes da área da Segurança Pública. Entre eles estavam o responsável pelo 3º Comando da Polícia Militar (3º CRPM) em Anápolis, coronel Alexandre Elias e o subcomandante Rubens Maia e o delegado Regional de Polícia Civil de Anápolis Álvaro Cássio. 
 
Participaram ainda da comitiva os tenentes coronéis da PM, Paulo Inácio e Paulo Roberto, comandantes do 4º e do 28º BPM de Anápolis respectivamente e os delegados, Alex Vasconcelos do Genarc, o adjunto da Delegacia Regional, Fábio Vilela e a delegada de Homicídios, Marisleide Santos.
 

Fotos:

 

 

registrado em: