Vereadores participam do lançamento de campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti

por Fernanda Morais publicado 20/01/2017 16h20, última modificação 26/01/2017 17h39
Vereadores participam do lançamento de campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti

Vereadores participam do lançamento de campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti

O presidente da Câmara Municipal, Amilton Filho (SD), e os vereadores da Casa, participaram na manhã desta sexta-feira (20.jan.17), do lançamento da Campanha “Sai Zika, Chega de Dengue”. A iniciativa da Prefeitura de Anápolis tem como objetivo unir agentes políticos, autoridades religiosas, militares, representantes do Rotary Clube, Maçonaria, líderes classistas, imprensa e sociedade organizada, no combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como a dengue, chikungunya, zika e febre amarela.

Roberto Naves (PTB), destacou que o objetivo de unir todos esses parceiros é difundir maior número de informações a respeito da eliminação dos focos do mosquito. “Nossos aliados são formadores de opinião. Juntos somaremos esforços na luta contra o mosquito”, comentou o petebista.

A secretária municipal de Saúde, Luzia Cordeiro, disse que Anápolis ocupou o segundo lugar no ranking das cidades goianas em relação ao número de pacientes infectados por dengue no ano passado. Foram 10.785 casos. “Temos equipes de trabalho qualificadas para ajudar no controle do mosquito”, garantiu.

A gerente de Endemias, Érika Reis, ressaltou que “dengue, mata”. Para mostrar a gravidade do problema, ela relatou que Anápolis teve cinco mortes provocadas pela doença no ano passado. Outros cinco óbitos são investigados. “Nossa maior dificuldade no controle da doença são os imóveis fechados, onde os agentes não conseguem fazer a vistoria”, destacou Érika Reis pedindo ainda que cada pessoa tire dez minutos por semana para eliminar água parada em casa.

A gerente de Epidemiologia, Mirlene Garcia contou que nas duas primeiras semanas de 2017 já foram notificados 149 casos de dengue em Anápolis. “Ainda não temos a quantidade de pacientes confirmados, mas em breve vamos divulgar os dados no boletim epidemiológico da secretaria Municipal de Saúde”, comentou.

Por enquanto, os cinco primeiros bairros com maior índice de infestação na cidade em 2017 na ordem são: Jaiara, Adriana Park, Santa Isabel, Jardim Esperança e Vivan Park.

Zika

Os números da Vigilância Epidemiológica divulgados na solenidade mostraram ainda que em 2016 foram notificados 75 casos suspeitos de Zika, dos quais 54 foram confirmados. 12 gestantes também relataram sintomas da doença, mas exames apontaram que deste total, sete tiveram a Zika. Felizmente a cidade não registrou casos de microcefalia em bebes cujas mães tiveram Zika. Existem ainda seis casos de microcefalia em investigação.

Presenças

Além do presidente Amilton Filho, participaram da solenidade o líder do prefeito na Câmara Municipal, Jakson Charles (PSB) e os vereadores, Vilma Rodrigues (PSC), Thaís Souza e Deusmar Japão, ambos do PSL, os petistas Luiz Lacerda e Lisieux josé Borges, os tucanos Américo Ferreira e pastor Elias Ferreira, Teles Junior (PMN), Fernando Paiva (PTN), Elinner Rosa (PMDB) e Domingos Paula (PV).