Vereadores marcam presença na troca de comando do 4º BPM

por cma — publicado 29/01/2013 23h00, última modificação 06/06/2016 09h49
Tenente coronel Paulo Inácio foi substituído por Rubens Maia. Quatorze dos 23 parlamentares participaram do evento O presidente da Câmara Municipal, Luiz Lacerda (PT) e os vereadores Pedrinho Porto Rico e Jean Carlos, ambos do PTB, os petistas Wilmar Silvestre, Geli Sanches, Eber Mamede e Lisieux José Borges, Vespa, Wederson Lopes e Jerry Cabeleireiro, todos do PSC, Sargento Alberto (PTN), Paulo de Lima (PDT), Jakson Charles (PSB) e Sargento Pereira (PSL) marcaram presença na cerimônia de troca de comando do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM), ocorrida na manhã desta quarta-feira (30/01). Estiveram presentes o comandante geral da PM, coronel Edson Araújo, o secretário estadual de Indústria e Comércio Alexandre Baldy e os deputados estaduais Carlos Antônio (PSC) e José de Lima (PDT).
Vereadores marcam presença na troca de comando do 4º BPM

Vereadores marcam presença na troca de comando do 4º BPM

O tenente coronel Paulo Inácio foi substituído pelo também tenente coronel Rubens Maia. O primeiro afirmou que deixa o comando com a missão de dever cumprido. “Tivemos grandes eventos sem ocorrência e furtos e transtornos, apesar do aumento de homicídios no município no último ano. Mas tenho a consciência de ter desempenhado um bom trabalho”. O tenente coronel assumirá o sub-comando do 3º BPM.

O presidente Luiz Lacerda destacou a necessidade de ampliar os investimentos em segurança pública na cidade. O petista explicou que as primeiras reclamações da população chegam aos vereadores. “Somos a voz do povo. Se não está bom, eles reclamam com a gente”. Ele acrescentou ainda que a Câmara tem contribuído com os investimentos que a prefeitura faz no município. “As instalações de câmeras de segurança, aluguel de prédios públicos para a corporação e outros serviços têm aprovação dos vereadores. Todos os projetos passam primeiro pelo Plenário”, destacou.

Todos os demais vereadores presentes ao evento reafirmaram a fala do presidente. Para Sargento Alberto, que também é policial militar, a troca é vista com bons olhos. “O coronel Paulo Inácio desempenhou um bom trabalho e esperamos que o Maia dê continuidade porque a cidade precisa. A Câmara sempre irá cobrar por mais segurança, vamos sempre discutir o assunto e buscar soluções”.

O tenente coronel Rubens Maia disse que tem boas expectativas para o trabalho uma vez que atua na PM há 28 anos. “Já comandei outros batalhões e vamos fazer um trabalho ostensivo aqui também”. Ele acrescentou que o diálogo com os poderes públicos é essencial ao cumprimento das tarefas dos policiais. “Sempre tivemos uma conversa aberta com a Câmara e isso é primordial porque muitas vezes, os problemas chegam primeiro aos vereadores e eles nos passam”, finalizou.

registrado em: