Thaís Souza ressalta que população precisa obedecer decretos para conter avanço do coronavírus

por Marcos Vieira publicado 18/03/2020 15h22, última modificação 18/03/2020 15h22
Thaís Souza ressalta que população precisa obedecer decretos para conter avanço do coronavírus

Vereadora Thaís Souza, do PSL (Foto: Ismael Vieira)

A vereadora Thaís Souza (PSL) disse na tribuna, nesta quarta-feira (18.mar), que é momento da população obedecer aos decretos dos governos, pois somente dessa forma será possível conter o avanço do coronavírus.

“Ordem não é para ser discutida, mas para ser cumprida. Tem governos no mundo decretando toque de recolher. Se países de primeiro mundo estão desesperados, imagine nós, de terceiro mundo, subdesenvolvidos”, ressaltou.

Thaís lembrou da primeira morte em São Paulo pelo covid-19 e dos três casos confirmados da doença em Anápolis, destacando que os números vão aumentar, portanto cabem aos agentes políticos ajudarem a orientar a população no sentido de precaução à vida.

“O presidente [Jair] Bolsonaro disse que se tivesse contaminado, ninguém tinha nada a ver com isso. Como não? Tinha mais de 200 pessoas na sua comitiva. É preciso tomar medidas para preservar a vida. Requer eficiência e bom senso”, comentou.

“Que a população de Anápolis faça sua parte”, prosseguiu Thaís, ressaltando que esse período de quarentena não é uma ‘corona-férias’, ou seja, não é momento de as pessoas levarem crianças para passearem. “É momento de reclusão, de se preservar”.

Thaís Souza informou ainda que de acordo com a Organização Municipal da Saúde (OMS), animais domésticos, como cães e gatos, não são transmissores do coronavírus. Ela explicou que já tem gente soltando seus animais nas ruas com medo de que eles possam ser transmissores, o que também cria um problema de saúde pública.

registrado em: ,