Reamilton Espíndola critica prefeito de Alfenas (MG) por fala que agride pessoas com autismo

por Orisvaldo Pires publicado 08/02/2021 11h06, última modificação 08/02/2021 11h06
Reamilton Espíndola critica prefeito de Alfenas (MG) por fala que agride pessoas com autismo

Reamilton Espíndola critica prefeito de Alfenas (MG) por fala que agride pessoas com autismo

O vereador Reamilton Espíndola (Republicanos) usou a tribuna na sessão ordinária desta segunda-feira (8.fev) para repudiar declaração atribuída ao prefeito de Alfenas (MG), Luiz Antônio da Silva, que teria se referido com intenção pejorativa ao presidente da República, Jair Bolsonaro, como “um autista em alto nível, em nível severo”.

Reamilton Espíndola mostrou-se indignado com a “falta de sensibilidade e de respeito” do prefeito de Alfenas. Segundo ele, a declaração do prefeito soa como ofensa às pessoas com autismo. “Pregamos a inclusão, lutamos na busca por melhorias de serviço básico da inclusão, vaga na escola, por medico, sempre precisamos de apoio, numa hora dessa vemos uma pessoa fazer uma ofensa dessa”, lamentou.

O vereador disse que, como pai de uma criança autista, sentiu na pele a agressão do prefeito de Alfenas. “E minha indignação represento aqui a voz de quem não pode falar, se expressar. A declaração deste senhor é de alguém que não sabe o que é sofrer, há muitas mães com depressão. Se ele quer lacrar, use outra frase, mas não fale da deficiência de quem não tem a voz para falar por si mesmo. Uma falta de respeito, de coração, falta de humanidade”, ressaltou.

Realmilton Espíndola, visivelmente emocionado, também cumprimentou os policiais militares que, há alguns dias, resgataram um deficiente intelectual de 11 anos, que era mantido preso em um tonel. Segundo o vereador, o garoto se alimentava das próprias fezes. “Graças a Deus o menino foi resgatado. Quero louvar a vida dos policiais”, concluiu.

(Foto: Ismael Vieira / Diretoria de Comunicação)

registrado em: