Professora Geli defende políticas públicas de inclusão e elogia Associação dos Surdos de Anápolis

por Fernanda Morais publicado 20/02/2019 13h46, última modificação 20/02/2019 13h46
Professora Geli defende políticas públicas de inclusão e elogia Associação dos Surdos de Anápolis

Professora Geli defende políticas públicas de inclusão e elogia Associação dos Surdos de Anápolis (Foto: Geraldo Fleury)

A vereadora Professora Geli Sanches (PT) voltou a falar sobre a questão da inclusão. Durante seu discurso no grande expediente ela cumprimentou o professor de libras da Unievangélica, Marcos Paulo e a professora de libras da Prefeitura de Anápolis, Regina Maria que acompanharam do plenário a sessão ordinária desta quarta-feira (20.fev).

“São dois batalhadores que mesmo com suas condições foram a luta e alcançaram um patamar extraordinário. Fizeram curso superior, pós-graduação e são totalmente incluídos na sociedade, participam da vida pública de Anápolis”, elogiou a vereadora.

A Professora lembrou que Marcos e Regina Maria acompanham sempre os trabalhos das sessões ordinárias porque a Câmara Municipal oferece a tradução em libras com dois interpretes fixos.

“Me sinto orgulhosa de ter idealizado esse projeto aqui na Casa. Não só eles, mas a comunidade surda desejava participar da vida pública da cidade. Estamos felizes com esse processo”, comentou.

A vereadora afirmou que os professores vieram ao plenário representando a Associação de Surdos e Mudos de Anápolis no sentido de ampliar os debates sobre inclusão aqui na Câmara. Segundo ela, eles apresentaram uma pauta de reivindicação para o desenvolvimento de políticas públicas para categoria.

“Eles pedem para ampliar o número de interpretes de libras nas escolas, criar a escola bilingue onde a alfabetização aconteça por libras, realização de concursos públicos com provas especiais para surdos, disponibilizar uma central de interpretes para acompanhar os surdos, por exemplo, em uma consulta médica, ou até mesmo nas visitas aos órgãos públicos”, citou.

A vereadora disse ainda que vai propor um treinamento de libras para os servidores da Câmara Municipal através da Escola do Legislativo.

Merenda
Ainda em seu pronunciamento, a vereadora disse que hoje, a Comissão de Educação da Casa, a qual preside, fará uma visita ao Conselho Municipal de Educação. Entre as pautas da reunião estará a questão da escassez da merenda pública nas unidades escolares.

“Recebo essa reclamação com frequência. Também vamos conversar com o secretário Alex para conhecer se existe algum problema. Faltam mantimentos nas escolas como carne, arroz, mussarela e macarrão, por exemplo”, concluiu.