Leandro Ribeiro participa de comunicado que informa fechamento do cruzamento entre a Brasil e Goiás

por Fernanda Morais publicado 08/05/2019 15h30, última modificação 08/05/2019 15h28
Leandro Ribeiro participa de comunicado que informa fechamento do cruzamento entre a Brasil e Goiás

Presidente Leandro Ribeiro participa de comunidade que informa novo fechamento do cruzamento entre a Brasil e Goiás (Foto: Ismael Vieira)

O presidente Leandro Ribeiro (PTB), representou a Câmara Municipal durante o comunicado do prefeito Roberto Naves (PTB), em relação ao novo fechamento do cruzamento entre as Avenidas Goiás e Brasil, onde foi construído o viaduto Deocleciano Moreira Alves.

O anúncio foi feito no início da manhã desta quarta-feira (8.mai) no gabinete de Roberto Naves com a presença da gerente da Saneago em Anápolis, Tânia Valeriano.

Assim, a partir desse sábado (11.mai), o trânsito na região da Avenida Goiás com a Brasil, passará por intervenções. O motivo é a necessidade de fazer uma obra para transferir um interceptor da rede de esgoto que hoje está por baixo de uma das pilastras do viaduto.

Diante disso, o trânsito na Avenida Goiás, no cruzamento com a Brasil, será interditado nos dois sentidos na parte inferior do elevado. A previsão é que a obra seja realizada em 60 dias. Nesse período, os motoristas deverão procurar rotas alternativas que foram feitas de acordo com as necessidades apontadas por estudos da CMTT.

Todos os trechos dos desvios serão devidamente sinalizados pela autarquia.

O presidente Leandro, explicou que apesar dos transtornos causados no trânsito local, de todo jeito a obra na região era necessária. Por outro lado, o vereador destacou que "o ideal era que a transposição da tubulação de esgoto tivesse sido feita antes do início da construção do viaduto. Apesar de ser uma obra complexa, a sua idealização seria mais prática, já estaria pronta e não causaria novos problemas de trafegabilidade", explicou.

A construção do viaduto nesse local faz parte de um Plano de Mobilidade Urbana que começou ser implantado em Anápolis e 22 de setembro de 2015 e deve ser concluído nesse ponto da cidade com a modificação dessa adutora de esgoto.

Essa intervenção não terá acréscimo no valor total da obra, que custou R$ 74 milhões. O maior transtorno fica por conta do trânsito que, com as modificações, ficará mais complicado até a conclusão dos serviços.

 

registrado em: ,