Pastor Elias pede apoio para aprovação do "Dia da Oração, Intercessão, e Adoração a Deus"

por Fernanda Morais publicado 12/06/2019 11h20, última modificação 12/06/2019 11h24
Pastor Elias pede apoio para aprovação do "Dia da Oração, Intercessão, e Adoração a Deus"

Pastor Elias pede apoio para aprovar "Dia da Oração, Intercessão, e Adoração a Deus", do plenário (Foto: Ismael Vieira)

Em discurso na tribuna do plenário o vereador Pastor Elias Ferreira (PSDB), pediu apoio aos colegas para aprovação de seu projeto de lei que cria em Anápolis o "Dia da Oração, Intercessão, e Adoração a Deus".

A matéria entrou na pauta de votação da sessão ordinária desta quarta-feira (12.jun), mas recebeu pedido de vistas do vereador Deusmar Japão (PSL).

"Todos nós temos que tirar um tempo para Deus. Estamos vivendo dias difíceis e só com Deus conseguimos passar pelas dificuldades", pontuou o autor do projeto em sua defesa. 

Pastor Elias acrescentou que sua proposta  vai de encontro a realidade de Anápolis que é uma cidade cristã, portanto, seria válido estabelecer uma data especial para celebração.


O projeto de Pastor Elias tem três artigos e determina que a data deve ser comemorada anualmente no dia 10 de junho. Será de responsabilidade da Prefeitura de Anápolis disponibilizar estrutura de apoio para realização do evento que celebra o Dia Municipal da Oração. O local escolhido para celebrar a data é o Morro da Capuava.

O vereador sugere ainda que o Executivo, através da Secretaria Municipal de Cultura, disponibilize ferramentas de publicidade durante o mês de junho para divulgar a temática do projeto com o lema “Ora Anápolis”.

Na justificativa da proposta, Pastor Elias acredita que Anápolis é um “polo de vida centrada em Deus com diversas ramificações cristãs e ministérios evangélicos, onde os membros participam de forma ativa na oração, celebração e adoração, com a motivação de interceder junto a Deus pelas pessoas nos seus diversos dilemas”.

O vereador do PSDB defende que a matéria tem o propósito de incentivar os seres humanos a buscar a Deus como forma de fortalecer os laços fraternos e familiares, assim como a espiritualidade.

“A proposta é colocada também visando combater o crescimento contínuo do mal em suas esferas, a criminalidade e o aprisionamento dos jovens pelas drogas, os ataques contínuos às famílias, a imoralidade, a corrupção e a violência contra as crianças e mulheres”, explica o vereador na justificativa.

Ainda como defesa do projeto, Pastor Elias cita que sua matéria oferta aos moradores de Anápolis “um dispositivo de extrema necessidade considerando os desafios da vida humana que levam as pessoas a busca constante de proteção divina e cumpre ainda uma determinação bíblica”.