Pastor Elias Ferreira apresenta provas na tribuna de que não foi contra projeto do Politec

por Marcos Vieira publicado 06/04/2020 13h32, última modificação 06/04/2020 13h32
Pastor Elias Ferreira apresenta provas na tribuna de que não foi contra projeto do Politec

Vereador Pastor Elias, do PSD (Foto: Ismael Vieira)

Em discurso na tribuna, na sessão desta segunda-feira (6.abr), o vereador Pastor Elias Ferreira (PSD) repudiou postagem nas redes sociais que o acusa de ter votado contra projeto do Poder Executivo que favorece a implantação do Polo Industrial e Tecnológico de Anápolis (Politec).

“Vou esclarecer alguns fatos aos desocupados, que tentam desmoralizar minha pessoa”, iniciou o vereador, que informou ainda que após o período de pandemia, irá protocolar ação no Poder Judiciário contra aquele que o difamou.

A propositura a que se referiu Pastor Elias foi votada na sessão extraordinária da última sexta-feira (3.abr).

Na sessão desta segunda-feira, ele apresentou provas oficiais de que foi favorável ao texto. O parecer da comissão mista que fez a análise da propositura, cujo relator foi o vereador Teles Júnior (PMN), tem sua assinatura como prova de voto a favor.

Pastor Elias também apresentou filmagem da TV Câmara do momento da votação em plenário e a ata da sessão, produzida pela Diretoria Legislativa.

A postagem na internet diz que o vereador teria acompanhado a bancada do PT na votação. Pastor Elias afirmou que não tem nada contra os colegas do Partido dos Trabalhadores e respeita todos eles, mas sua posição legislativa é diferente. “Eu tenho lado e as provas estão aqui em minhas mãos”, completou.

Jejum
Pastor Elias também falou sobre jejum liderado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ocorrido no domingo (5.abr), como forma de intercessão devido à pandemia do coronavírus.

“O povo cristão fez um jejum a Deus. Não foi só um pedido do nosso presidente, que encabeçou a situação, mas com certeza vários pastores e padres contribuíram para esse grande ato”, frisou o vereador.

Segundo Pastor Elias, “Deus colocará um ponto final nessa situação” de pandemia do coronavírus. “Sempre dá certo quando o povo de Deus pede”, afirmou.

PSD
Pastor Elias também fez agradecimentos por Deus o direcionar para o PSD. O vereador também citou aqueles que colaboraram para que ele se filiasse a uma nova sigla: senador Vanderlan Cardoso, o presidente estadual Vilmar Rocha e o presidente municipal Francisco Pontes.

“Foram 329 novos filiados”, afirmou o vereador, que agradeceu ainda ao líder da sua igreja, Pastor Bertiê Magalhães, por não se opor a esse novo projeto político. “Ele que é o presidente da Assembleia de Deus Ministério Madureira, onde nós trabalhamos juntos há 30 anos”, finalizou.