Membros do Conselho Municipal de Cultura pedem apoio a vereadores

por Marcos Vieira publicado 23/09/2019 10h38, última modificação 23/09/2019 10h38
Membros do Conselho Municipal de Cultura pedem apoio a vereadores

Conselheiros estiveram na reunião da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (Foto: Ismael Vieira)

Vereadores da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (CECCT) receberam na manhã desta segunda-feira (23.set), o presidente do Conselho Municipal de Cultura (CMC), Luiz Sérgio Fragelli Castanheira, e os conselheiros eleitos Augusto César de Almeida e Alberto Marques Faleiros, que pediram apoio para que o Poder Executivo dê posse aos membros eleitos em 29 de junho.

A reunião foi comandada pela presidente do CECCT, vereadora Professora Geli Sanches (PT), com as presenças dos titulares Lélio Alvarenga (PSC) e Luzimar Silva (PMN), do suplente Mauro Severiano (PSDB), e do líder do prefeito, Wederson Lopes (PSC).

Foi explicado aos vereadores que apesar da eleição no final de junho, o prefeito Roberto Naves ainda não assinou a posse dos conselheiros e, consequentemente, não houve a publicação dos nomes no Diário Oficial de Anápolis. Desde então, o CMC não realiza suas atividades.

Luiz Sérgio explicou que seguiu na presidência do órgão para representá-lo nessa vacância, mas que aguarda a posse dos novos conselheiros para dar início ao processo eleitoral que escolherá o novo comando do CMC.

Uma das preocupações é em relação ao edital do Fundo Municipal de Cultura, ainda não publicado. “A data prevista anualmente para isso é agosto”, ressaltou Luiz Sérgio.

A vereadora Professora Geli disse que a CECCT irá encaminhar ofício à secretária municipal de Cultura, Eva Cordeiro, pedindo providências para a posse dos conselheiros eleitos do CMC. “Vamos conversar com ela e saber dos prazos e frisar a importância do Conselho Municipal de Cultura ativo na cidade”, completou.

“Esse diálogo é o caminho para darmos celeridade às questões inerentes à cultura”, comentou Lélio Alvarenga, escolhido para ser o representante da Câmara Municipal no CMC.

O líder Wederson Lopes apoiou a decisão tomada na reunião e afirmou que também fará gestões para que a posse ocorra, frisando que o prefeito tem um pensamento em relação ao Fundo Municipal: que os recursos financeiros não fiquem parados, mas sejam utilizados para fomentar o setor.