Mauro Severiano critica Ronaldo Caiado: “governador virou as costas para Anápolis”

por Marcos Vieira publicado 19/06/2019 15h00, última modificação 19/06/2019 15h06
Mauro Severiano critica Ronaldo Caiado: “governador virou as costas para Anápolis”

Vereador Mauro Severiano, do PSDB (Foto: Ismael Vieira)

Em discurso na tribuna nesta quarta-feira (19.jun), o vereador Mauro Severiano (PSDB) disse que mesmo sendo filho de Anápolis, o governador Ronaldo Caiado (DEM) virou as costas para a cidade. “O prefeito [Roberto Naves] está ilhado; a Câmara está ilhada”, ressaltou ele, se referindo também a uma falta de apoio dos parlamentares eleitos com votos dos anapolinos.

Mauro iniciou as críticas ao falar sobre protocolo de intenções assinado por Caiado, visando a implantação de 15 novas indústrias em 13 municípios de Goiás. “Nenhuma vem para Anápolis”, lamentou. Em contraponto, continuou o vereador, no ano passado a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, na época sob o comando do presidente Leandro Ribeiro (PTB), assinou protocolo para três novas empresas para Anápolis.

“Sou bairrista e não tem nenhuma pessoa da nossa cidade no governo Caiado”, reclamou Mauro Severino. Ele citou ainda o deputado federal Delegado Waldir (PSL), “que mesmo tendo tido quase 15 mil votos em Anápolis não tem atuado por Anápolis”.

Mauro falou ainda dos deputados federais Major Vitor Hugo (PSL) e Rubens Otoni (PT), e os deputados estaduais Antônio Gomide (PT), Amilton Filho (SD) e Coronel Adailton (PP), que “ao invés de brigar, devem lutar pela cidade”.

O vereador também afirmou que Ronaldo Caiado colocou “alienígenas” para auxiliá-lo, se referindo a secretários que vieram de outros estados. Por fim, Mauro reclamou do possível fechamento da Delegacia da Receita Federal e voltou a pedir ao deputado Delegado Waldir que ajude a cidade.