Luiz Lacerda tece críticas à reforma previdenciária nacional

por Marcos Vieira publicado 07/03/2017 11h30, última modificação 07/03/2017 11h30
Luiz Lacerda tece críticas à reforma previdenciária nacional

Luiz Lacerda tece críticas à reforma previdenciária nacional

O vereador Luiz Lacerda (PT) fez críticas à PEC 287, da reforma da Previdência Social, na sessão desta terça-feira (7.mar), e também classificou a reforma trabalhista proposta pelo governo federal como “pacote de maldades”.

Sobre as mudanças no sistema de aposentadoria brasileiro, Lacerda leu trechos de carta da OAB nacional, repudiando o que propõe o Palácio do Planalto. “As mudanças estão fundamentadas em premissas equivocadas e desfiguram o sistema da previdência conquistado no decorrer da história, dificultando o acesso da população ao que ela contribuiu ao longo dos anos”, leu o vereador.

Na segunda-feira (6.mar), o relator da proposta da reforma da Previdência, deputado federal Arthur Maia (PPS-BA), defendeu idade mínima de 65 anos para a aposentadoria.

Sobre a reforma trabalhista, Luiz Lacerda rechaçou a justificativa do governo federal, de que o conjunto de leis existente hoje acaba por lotar o Judiciário de processos. “Querem flexibilizar e o trabalhador negociaria direto com o patrão. Agora, com tanto desemprego, a pessoa passando fome em casa, estará fragilizada para fechar um acordo”, ressaltou o vereador.