Lisieux Borges realizará audiência pública para discutir a preservação dos mananciais da cidade

por Fernanda Morais publicado 10/10/2018 11h15, última modificação 10/10/2018 11h19

Em discurso no pequeno expediente, durante a sessão ordinária desta quarta-feira (10.out), o vereador Lisieux José Borges (PT), convidou os colegas de mandato e a população anapolina para participar de uma audiência pública que vai discutir a preservação e a despoluição dos mananciais de Anápolis com foco no Ribeirão Extrema que tem nascente na região do Distrito Agroindustrial (Daia).

As discussões acontecerão na noite de hoje no plenário da Câmara com a participação dos vereadores, representantes da Universidade Estadual de Goiás (UEG), da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego), órgão do Estado que administra o Daia, da Saneago e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

“É um absurdo o que vem acontecendo em Anápolis. A cidade é rica em água, em nascentes mas está sofrendo com a poluição de seus mananciais. O Ribeirão Extremo, por exemplo, nasce no Daia e as suas águas já saem do distrito totalmente poluídas, com coloração estranha e cheia de espuma”, lamentou.

O vereador do PT disse que a ideia de realizar o debate surgiu depois que seu gabinete foi procurado por uma associação recém-criada que tem o objetivo de recuperar e proteger o Ribeirão Extremo. “Vamos colaborar com essa proposta. Os Ribeirinhos estão preocupados e eu defendo que essa deve ser uma bandeira de toda a cidade”, disse.

Ainda na tribuna do plenário Lisieux José Borges falou sobre os carros apreendidos pela Polícia Civil. Segundo ele, os veículos continuam estacionados nas proximidades do 1º Distrito Policial, região central de Anápolis.

“Foi feita a reforma da Praça dos Expedicionários e os carros agora são estacionados de qualquer jeito nas ruas paralelas a delegacia. Isso precisa ser revisto”, comentou.

Por fim, o vereador divulgou que neste final de semana acontecerá em Anápolis o 2º Encontro Nacional de Motoclubes. “Mais de seis mil motociclistas são esperados para o evento que será realizado no novo Parque de Exposições Agropecuárias. De cunho social a entrada para o encontro será dois quilos de alimentos não perecíveis”, concluiu.