Lélio pede ao MP que cobre do governo abertura de leitos de UTI inaugurados no Huana

por Marcos Vieira publicado 22/05/2018 14h21, última modificação 22/05/2018 14h21


Foto: Ismael Vieira

O vereador Lélio Alvarenga (PSC) cobrou do governo que coloque em funcionamento os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (Huana), inaugurados no dia 2 de abril. Ele falou sobre o assunto na tribuna, nesta terça-feira (22.mai).

Lélio informou que fez uma Moção de Apelo ao Ministério Público de Goiás (MP-GO), para que cobre uma ação concreta do Estado, que “inaugurou” 15 leitos de UTI no Huana, com uma grande festa, “mas o tempo passa e eles não são liberados para a população”.

“São leitos entregues há praticamente dois meses e o povo segue sofrendo. Do que adiantou fazer a inauguração? Que o MP possa intervir para que esses leitos possam funcionar”, discursou o vereador.

Lélio citou o caso de uma moradora do Bairro Boa Vista, Dona Ana, que morreu no último final de semana sem conseguir um leito de UTI. “Foi uma semana implorando, liguei para o secretário, mas não se conseguiu a vaga. Ela morreu de sábado para domingo. Quantas outras pessoas vão passar pelo mesmo caminho? Cadê a prioridade que é a saúde?”, afirmou.

O vereador pediu ainda o fim da “farra” de se inaugurar obras sem estarem prontas, apenas com intenção eleitoreira.