Lélio Alvarenga fala sobre dois anos da morte da vereadora Vilma Rodrigues

por Marcos Vieira publicado 11/03/2020 15h30, última modificação 11/03/2020 15h30
Lélio Alvarenga fala sobre dois anos da morte da vereadora Vilma Rodrigues

Vereador Lélio Alvarenga, do PSC (Foto: Ismael Vieira)

Em discurso na tribuna, na sessão desta quarta-feira (11.mar), o vereador Lélio Alvarenga (PSC) lembrou os dois anos da morte de Vilma Rodrigues, ocorrido em 14 de março de 2018. Eleita em 2016 na mesma chapa de Lélio, Vilma tinha 57 anos e foi a vereadora mais bem votada na história de Anápolis.

“Não poderia deixar passar a lembrança dessa pessoa que marcou todos nós. Tenho certeza que hoje ela já se encontra ao lado de Deus, pois em vida cuidou dos pobres e mais necessitados”, discursou Lélio.

Em aparte, o vereador João Feitosa (PTB) disse que Lélio fazia uma “lembrança maravilhosa da querida e saudosa Vilma”, que ele conhecia desde 1985.

Lélio ressaltou ainda que quando os atuais vereadores forem eleitos, um grupo foi criado para propor uma agenda positiva para Anápolis, que proporcionou a todos conviverem com Vilma Rodrigues. Ele citou como integrantes desse movimento também o presidente Leandro Ribeiro (PTB), Deusmar Japão (PSL) e Thaís Souza (PSL).

Manifestação
Lélio Alvarenga voltou a falar da manifestação em prol do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), agendada para o próximo domingo (15.mar). “É preciso acontecer sim. Essa convocação não é a continuação da eleição. É para dizer que a população está ao lado dele. Que há uma política diferente, sem barganha”.

Lélio convocou a população para o ato. “Vamos às ruas no próximo domingo, dia 15, 9h, na Praça Dom Emanuel. Nossa bandeira é verde e amarela. Vamos dar as mãos a favor do nosso país”.

registrado em: ,