Lacerda diz que presidente Temer assumiu que impeachment foi golpe

por Marcos Vieira publicado 18/04/2017 14h38, última modificação 18/04/2017 14h38
Lacerda diz que presidente Temer assumiu que impeachment foi golpe

Lacerda diz que presidente Temer assumiu que impeachment foi golpe

O vereador Luiz Lacerda (PT) repercutiu na tribuna, nesta terça-feira (18.abr), entrevista do presidente da República, Michel Temer (PMDB), que confirma que a abertura do processo de impeachment contra Dilma Rousseff (PT) foi uma vingança do então presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB).

“Finalmente o presidente reconheceu que foi um golpe [a cassação de Dilma], tramado dentro do parlamento”, discursou Lacerda. Temer disse que Cunha resolver voltar atrás e abrir o processo de impeachment depois de três parlamentares petistas votarem contra ele no Conselho de Ética.

“E o governo atual está mais enrolado do que nunca, mas ninguém fala em tirá-lo. Por que o presidente [Michel Temer] não demitiu nenhum ministro envolvido na Lava Jato? Oras, porque ele é o primeiro citado na investigação”, disse Luiz Lacerda, frisando que Temer não é alvo da força-tarefa da Polícia Federal porque, segundo a Constituição Federal, não pode ser investigado por eventuais crimes que tenha praticado antes do exercício do cargo.