Lacerda acredita que grupo que prendeu ex-presidente Lula é que acabou sendo derrotado

por Marcos Vieira publicado 11/04/2018 14h55, última modificação 11/04/2018 14h54

O vereador Luiz Lacerda (PT) analisou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em pronunciamento na tribuna nesta quarta-feira (11.abr). Segundo ele, o “tiro saiu para culatra” para o grupo interessado em aniquilar a principal liderança petista no Brasil.

“O momento atual significa a consagração total do presidente Lula em relação ao grupo que fez aquela manobra suja e ardilosa para tirar o PT do poder e aniquilar o presidente”, comentou Lacerda.

O vereador disse que nenhum analista político falou sobre essa situação por essa ótica, de crescimento da imagem do ex-presidente, mesmo preso, enquanto seus adversários não podem nem sair às ruas.

“Vamos ter eleição. Qual o político desse Brasil que será candidato, que quer um santinho junto com Temer, com Aécio, com José Serra, com Agripino Maia, com Romero Jucá?”, argumentou Luiz Lacerda.

Segundo o vereador petista, enquanto isso o ex-presidente, com prisão decretada, está sendo carregado nos braços da multidão e é líder das pesquisas. “A revista Veja, que virou a principal adversária do Lula, que antes era a sensação do Brasil, todo mundo queria assinar, também sumiu”, concluiu Lacerda.