Jean mostra indignação com reforma da Previdência Social

por Marcos Vieira publicado 15/03/2017 12h02, última modificação 15/03/2017 12h02
Jean mostra indignação com reforma da Previdência Social

Jean mostra indignação com reforma da Previdência Social

O vereador Jean Carlos (PTB) demonstrou sua indignação com a reforma previdenciária proposta pelo governo federal, ao usar a tribuna da Câmara Municipal na sessão desta quarta-feira (15.mar).

“Amanhã [16.mar], eu faço 30 anos de prefeitura e todo esse tempo tenho visto o quanto o servidor se esforça para ter uma vida mais tranquila na sua melhor idade”, discursou Jean. Ele afirmou que a Previdência Social não é um benefício ou assistência do Estado brasileiro, mas sim um direito do trabalhador que contribui com o sistema ao longo da vida. “O desequilíbrio das contas não pode entrar na conta do trabalhador”.

Para Jean Carlos, o “assistencialismo desequilibrado”, com o “uso indiscriminado de programas sociais”, muito mais do “ponto de vista eleitoreiro”, criou um círculo vicioso de dependência da população brasileira, prejudicando, inclusive, a Previdência Social.

O vereador petebista disse ainda que se decepcionou com o ministro Henrique Meirelles, pois não acreditava que ele poderia fazer uma reforma com esse teor. Jean afirmou que em qualquer matéria relacionada ao trabalhador, ele sempre vota com a sua consciência, independentemente de agradar prefeito, governador ou presidente.