Jakson Charles diz que nível de restrição à Covid-19 depende da consciência da população

por Orisvaldo Pires publicado 30/06/2020 11h58, última modificação 30/06/2020 11h58
Jakson Charles diz que nível de restrição à Covid-19 depende da consciência da população

Jakson Charles diz que nível de restrição à Covid-19 depende da consciência da população

O vereador Jakson Charles (PSB), na sessão ordinária desta terça-feira (30.jun), disse que se a população atender o pedido do prefeito Roberto Naves e se conscientizar sobre as restrições para se proteger da Covid-19, Anápolis pode ser manter no está leve da Matriz de Risco estabelecida pela Prefeitura e pela Vigilância Epidemiológica.

A fala do vereador foi feita no contexto da publicação do Decreto do Governo Estadual, nesta data, que estabelece o rodízio de 14 dias para abertura e isolamento social. “Anápolis faz parte da região do Pirineus, que conta com várias cidades do Norte e médio Norte. Entendemos as ações adotadas pelo governador Ronaldo Caiado, pois prefeitos de várias dessas cidades não fazem o dever de casa. Assim, prejudicam Anápolis, que vive outra realidade, está no risco leve e serve de exemplo para o restante do Estado”, declarou.

Jakson Charles lembrou que Anápolis agiu preventivamente, ampliou ações de combate à Covid-19, de tratamento das pessoas, com investimentos e disponibilidade de leitos de internação e de UTI. “Diante disso, Anápolis nos oferece a possibilidade do prefeito ainda manter a cidade na situação de risco leve. Se a população entender o recado do prefeito, o esforço da Câmara, a contribuição dos vereadores, se acreditar que a Covid-19 existe e mata, se entender que é preciso tomar cuidado, evitar festas, aglomerações, usar máscara, não tenho dúvidas que poderemos nos manter no nível leve”, ponderou.

O governador Ronaldo Caiado está certo nas providências que adotou, lembra Jakson Charles, pois pensa no âmbito global do Estado. “Em Anápolis, se abraçarmos essa responsabilidade preventiva, o prefeito pode fazer apenas alguns ajustes, e manter a vida, a saúde, evitar colapso econômico com a manutenção do comércio em funcionamento”, ressaltou. 

O vereador afirmou que o prefeito Roberto Naves compreende e respeita as ações adotadas pelo Governo do Estado, “mas Anápolis vive outro momento, assim o prefeito pode caminhar dentro da Matriz de Risco nível leve, com apenas algumas observações”. Segundo ele, Roberto Naves tem consultado a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz),  Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Vigilância Epidemiológica para balizar a adoção dos protocolos a serem seguidos pela população.

(Foto: Ismael Vieira / Diretoria de Comunicação)

registrado em: