Gomide questiona critério do prefeito para conceder gratificações

por Marcos Vieira publicado 18/04/2017 14h28, última modificação 18/04/2017 14h28
Gomide questiona critério do prefeito para conceder gratificações

Gomide questiona critério do prefeito para conceder gratificações

O vereador Antônio Gomide (PT) usou a tribuna, nesta terça-feira (18.abr), para repercutir decreto do prefeito Roberto Naves (PTB), publicado na última quinta-feira (13.abr), no Diário Oficial do Município, que retornou gratificações aos servidores públicos.

“Faço pronunciamento em nome de vários servidores que nos procuraram, se manifestando sobre a forma como foram dadas as gratificações”, justificou Gomide, afirmando ainda que o prefeito não cumpriu com o que havia dito, de conceder gratificação levando em conta a função exercida pelo servidor.

Gomide defendeu ainda a história funcional de pessoas que estão há 15, 20 ou 25 anos servindo a Prefeitura de Anápolis. “Que chegaram, inclusive, bem antes dos prefeitos que foram eleitos”, explicou.

Segundo o vereador, as gratificações foram colocadas da mesma forma de antigamente, apesar de o prefeito ter dito que criaria uma comissão especial para analisar caso a caso. “Foi tirada a gratificação de todos e devolvida de uma forma que muitos foram prejudicados”, disse Gomide.

O vereador falou ainda que depois de 100 dias de gestão, a expectativa é que a cidade tenha algo novo. “Com os R$ 50 milhões [arrecadados] com o IPTU, é importante que se tenha uma ação. Que essa Operação Resgate possa chegar aos bairros. A cidade está encardida, com muito mato e a prova disso é que temos centenas de requerimentos pedindo tapa buracos, podas e limpeza”, comentou Antônio Gomide, que citou uma “cratera” aberta há uma semana na Avenida Fernando Costa, próximo ao shopping da Vila Jaiara.