Gomide diz que caso do raio-x foi utilizado para denegrir sua imagem

por Marcos Vieira publicado 03/10/2017 16h24, última modificação 03/10/2017 16h24

O vereador Antônio Gomide (PT) também falou sobre o caso do raio-x digital na tribuna, nesta terça-feira (3.out). Segundo ele, tratou-se de uma notícia plantada, com finalidade política, para denegrir a sua imagem. “[Primeiro foi] colocada a ideia do funcionário fantasma, uma notícia plantada. Depois a notícia do sumiço do raio-x, divulgado nos mesmos grupos de rede social e no mesmo jornal", frisou.

Gomide comentou que não tem receio de fazer o debate a luz do dia, frisou que o líder do prefeito, Jakson Charles (PSB), reconheceu que a notícia do sumiço do raio-x é falsa e reafirmou que tentaram plantar a informação para denegrir sua gestão.

O vereador petista disse ainda que foi ao Hospital Municipal, ao lado dos vereadores Deusmar Japão (PSL), Américo (PSDB) e Elinner Rosa (PMDB), e nenhum funcionário falou sobre o caso do raio-x, classificado por ele como “factoide”.

O petista também falou que sobre o caso do raio-x, apesar de ter seu nome citado nas rádios, em nenhum momento foi chamado para prestar esclarecimentos. “Eu que estava ouvindo ao sair de casa para o trabalho e fui às emissoras, sentei na frente do microfone [para esclarecer]”, explicou Gomide.

registrado em: ,