Gomide critica falta de “Dia D” em Anápolis na campanha de vacinação contra a gripe

por Marcos Vieira publicado 15/05/2017 13h51, última modificação 15/05/2017 13h51
Gomide critica falta de “Dia D” em Anápolis na campanha de vacinação contra a gripe

Gomide critica falta de “Dia D” em Anápolis na campanha de vacinação contra a gripe

O vereador Antônio Gomide (PT) questionou na tribuna, na sessão desta segunda-feira (15.mai), o por quê de a Secretaria Municipal de Saúde de Anápolis não ter aderido ao “Dia D” da Campanha Nacional contra a Gripe Influenza, realizado em todo o País no último sábado (13.mai).

Gomide afirmou que esse tipo de ação acontece desde 1999 com resultado positivo para a campanha de vacinação, considerada o meio mais eficaz e barato de se prevenir doenças. “Em 2016 foram 16 mil imunizados somente no ‘Dia D’ em Anápolis. Em 2015, foram 17 mil pessoas”, descreveu o vereador, frisando a importância desse esforço concentrado em um único dia.

Antônio Gomide lembrou que é membro da Comissão de Saúde da Câmara Municipal e que não recebeu informações do Poder Executivo sobre a decisão de não se realizar o “Dia D”. Segundo ele, perde-se a oportunidade de um dia forte para a vacinação, que influenciaria de forma importante o alcance da meta na cidade.

Gomide fez um alerta também quanto aos assaltos a postos de saúde em Anápolis. Segundo ele, neste último final de semana a unidade da Santa Maria de Nazareth foi invadida por ladrões. “Quando se percebem que não temos vigias, com certeza teremos assaltos e a prefeitura não tem tido reação adequada, contundente”.

registrado em: ,