Elinner Rosa fala sobre crise na rede de emergência: “é preciso também ouvir o usuário SUS”

por Marcos Vieira publicado 27/03/2019 14h40, última modificação 27/03/2019 14h40
Elinner Rosa fala sobre crise na rede de emergência: “é preciso também ouvir o usuário SUS”

Elinner Rosa fala sobre crise na rede de emergência: “é preciso também ouvir o usuário SUS” (Foto: Ismael Vieira)

A vereadora Elinner Rosa (MDB) disse na tribuna, na sessão desta quarta-feira (27.mar), que é preciso analisar as causas da superlotação na rede de urgência e emergência de Anápolis não de maneira específica, mas considerando também outros fatores.

Segundo ela, a crise no Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (Huana) impacta a rede, mas não significa que não haja problemas em outras estruturas.

A vereadora citou o fim do programa federal Mais Médicos, que fez com que cidades menores próximas perdessem profissionais, aumentando a vinda de pacientes para Anápolis.

“A Santa Casa de Misericórdia ficou também muito tempo sem clínico geral e sem esse especialista, a unidade não pode estar funcionando como porta de entrada”, prosseguiu Elinner.

Ela também citou o fechamento de Cais para reforma e ampliação, que faz parte de um processo de mudança proposto pela administração municipal, mas que também causa impacto na rede.

Presidente da Comissão de Saúde, Saneamento e Assistência Social, Elinner Rosa informou que o colegiado tem visitado as instituições, colhendo relatos sobre demandas e necessidades, e que também entende que é preciso ouvir usuários que utilizam o sistema SUS. “E isso tem deixado de lado em alguns momentos”.

Sobre o caso específico do Huana, a vereadora explicou que ouviu a prefeitura e os membros da Fundação de Assistência Social de Anápolis (Fasa), para verificar todas as verdades que existem. “Temos feito análises e solicito que tenham cuidado com as informações, que elas não sejam passadas de forma aleatória, pois somos formadores de opinião”.

Elinner afirmou que a Comissão de Saúde seguirá conversando com todos, com o objetivo de ajudar a apontar caminhos que ajude a melhorar o sistema para a população.