Dra. Trícia Barreto ouve demandas da Associação das Escolas Particulares de Anápolis

por Fernanda Morais publicado 14/01/2021 15h15, última modificação 14/01/2021 16h53
Dra. Trícia Barreto ouve demandas da Associação das Escolas Particulares de Anápolis

Foto: Ismael Vieira

A vereadora doutora Trícia Barreto (MDB) recebeu representantes das escolas particulares do município na manhã desta quinta-feira (14.fev), na Câmara Municipal. Na ocasião ela conheceu a atuação da Associação das Escolas Particulares de Anápolis (Asepa), presidida pelo professor Emerson rodovalho Marques.

Os profissionais da educação estão preocupados com a questão da manutenção do fechamento das unidades escolares por conta da pandemia do novo coronavírus. Os educadores afirmam que estão preparados para receber as crianças seguindo protocolos de segurança contra a Covid-19. As escolas estão fechadas desde março de 2020.

O último decreto municipal, publicado no final de 2020, autorizou o funcionamento das escolas no sistema híbrido recebendo 30% da capacidade de ocupação das unidades. Mas a nota é válida somente para educação infantil. Ou seja, crianças até 7 anos. O ensino fundamental e médio estão colocados no documento com a permissão de funcionar apenas no ensino a on-line - a distância.

Os diretores relataram pra vereadora que os pais estão reclamando das dificuldades de aprendizado com os filhos no sistema on-line, motivo que causou o aumento da evasão escolar. Os profissionais também contaram que muitos pais precisaram sair dos empregos para acompanhar as crianças, diminuindo o orçamento familiar. Outro relato foi sobre o aparecimento dos problemas comportamentais dos filhos por conta do isolamento social.

Após ouvir todas as demandas demandas, a doutora disse que está acompanhando a questão de perto e que entende as dificuldades das escolas. "Sem dúvidas que o fechamento refletiria na questão familiar, econômica e comportamental dos alunos", frisou.

A doutora Trícia se comprometeu a levar demandas da reunião para os colegas vereadores. A ideia da parlamentar é que a Câmara Municipal ajude a administração a encontrar o melhor caminho para resolver a situação dos pais, alunos e escolas.

“Existe uma equipe técnica da Prefeitura de Anápolis responsável pela avaliação dos impactos da Covid-19. É uma realidade nova que temos que enfrentar de um jeito que beneficie a todos garantindo a segurança sanitária”.

registrado em: