Domingos Paula diz que Executivo atende demandas dos vereadores, independentemente de bancada

por Marcos Vieira publicado 12/12/2019 09h31, última modificação 12/12/2019 09h31
Domingos Paula diz que Executivo atende demandas dos vereadores, independentemente de bancada

Vereador Domingos Paula, do PV (Foto: Ismael Vieira)

O vereador Domingos Paula (PV) disse na tribuna, na sessão ordinária desta quarta-feira (11.dez), que a observação feita pelo colega, Alfredo Landim (PT), de que a maioria dos seus requerimentos foi atendida pelo Executivo, exemplifica que a administração atual não está preocupada com bancada de situação ou oposição, mas sim em fazer um trabalho para beneficiar a população.

Ele citou o caso da pavimentação asfáltica na Rua 23, uma demanda pedida há oito anos pela vereadora Professora Geli (PT), que foi cumprida pela gestão. “Vão construir um prédio ali e o asfalto foi feito, beneficiando a região. Isso demonstra planejamento da administração para poder atender a demanda de todas as regiões da cidade”.

“Gostaríamos de estar aqui hoje dizendo que foi feito muito mais, mas quero afirmar que tudo aquilo que demos conta de fazer, os 23 vereadores, juntamente com a administração, foi visando cumprir nosso objetivo como homens públicos, que é atender a comunidade anapolina”, comentou Domingos.

Issa
Domingos Paula também falou sobre os questionamentos da vereadora Professora Geli (PT) quanto à saúde financeira do Issa (Instituto de Seguridade Social dos Servidores Municipais de Anápolis).

“Durante o mandato do seu partido, não vi a senhora cobrar o que falou aqui hoje. Não vi a senhora hora nenhuma falando a respeito disso. Falo isso porque as pessoas acompanham a trajetória dos vereadores. E o povo não tem memória curta, ele presta atenção em tudo que é falado aqui”, afirmou Domingos.

Segundo ele, faltou dizer que na lei de unificação dos fundos do Issa também foi aprovada o repasse de imóveis do Executivo para o instituto, o que vai gerar R$ 170 milhões de patrimônio.

Domingos comentou ainda que quando o prefeito Roberto Naves (PP) assumiu a gestão, não tinha recursos porque a administração anterior havia, inclusive, feito adiantamento de receita. “De lá para cá os servidores seguem recebendo em dia, junto com os aposentados, além da retomada de obras paradas e lançamento de novas frentes de trabalho”, concluiu.