Dirigentes da AEE e da Funev informam à Câmara pedido para se tornar universidade e desejo de assumir gestão do Huana

por Orisvaldo Pires publicado 08/04/2019 11h05, última modificação 08/04/2019 11h05
Dirigentes da AEE e da Funev informam à Câmara pedido para se tornar universidade e desejo de assumir gestão do Huana

Dirigentes da AEE e da Funev informam à Câmara pedido para se tornar universidade e desejo de assumir gestão do Huana

Os dirigentes da Associação Educativa Evangélica (AEE) e da Fundação Universitária Evangélica (Funev), durante reunião realizada na manhã desta segunda-feira (8.abr), na sala anexa à Presidência, oficializaram à Câmara Municipal de Anápolis que, em 29 de março passado, foi protocolado no Ministério da Educação e Cultura, em Brasília, pedido para que o Centro Universitário de Anápolis seja transformado em universidade. 

A notícia foi da pelo reitor da UniEvangélica, Carlos Hassel Mendes da Silva, que na oportunidade se fez acompanhar do presidente da Funev, Cecílio Alves de Moraes, e o membro da AEE, Augusto César Rocha Ventura. Foram recepcionados pelo presidente da Câmara, vereador Leandro Ribeiro (PTB), que teve a companhia dos vereadores Mauro Severiano (PSDB), Pastor Elias (PSDB), Professora Geli (PT), Domingos Paula (PV), Alfredo Landim (PT), Wederson Lopes (PSC), Deusmar Japão (PSL), Jean Carlos (PTB), Teles Júnior (PMN), João da Luz (PHS) e Pedro Mariano (PRP). 

Cecílio Alves de Moraes informou ainda aos vereadores que a Funev vai participar do processo de escolha da nova Organização Social que terá a responsabilidade de gerir o Hospital de Urgências de Anápolis Doutor Henrique Santillo. “Nossa OS tem sim a capacidade de gestão do hospital, conta com profissionais qualificados e habilitados em gestão. Por isso vamos propor que a Funev assuma a gestão do Huana”, disse. Este interesse, segundo os dirigentes, será levado ao conhecimento do governador Ronaldo Caiado (DEM). 

O presidente da Funev disse ainda que o curso de Medicina da UniEvangélica precisa do Huana, que é uma unidade de referência regional no atendimento de urgência e emergência. Carlos Hassel Mendes da Silva agradeceu à Câmara pela homenagem feita na oportunidade da comemoração dos 72 anos da AEE. Em seguida deu detalhes sobre os programas de mestrado e doutorado da UniEvangélica. E solicitou apoio da Câmara à pretensão da Funev em gerir o Huana. 

Leandro Ribeiro comentou que o processo de transformação do Centro Universitário em Universidade não é surpresa, “pois conhecemos a qualidade do trabalho e a capacidade desta instituição”. Professora Geli lembrou vai apresentar projeto que institui a Tribuna Acadêmica na Câmara, “para que alunos e professores apresentem pesquisas, que possam se transformar em projetos para beneficiar a comunidade”. Mauro Severiano disse que a AEE e a UniEvangélica são patrimônio do povo goiano.

registrado em: