Comunidades Terapêuticas são homenageadas com certificado "Antônio Clécio Pereira"

por Fernanda Morais publicado 27/06/2019 11h40, última modificação 27/06/2019 11h39
Comunidades Terapêuticas são homenageadas com certificado "Antônio Clécio Pereira"

Comunidades Terapêuticas são homenageadas pelo trabalho desenvolvido em Anápolis (Foto: Ismael Vieira)

Texto - Rubens Júnior

Na noite de quarta-feira (26.jun), a Câmara Municipal realizou solenidade em alusão ao Dia Municipal das Comunidades Terapêuticas, com a entrega do certificado “Antônio Clécio Pereira”.

Por iniciativa do vereador João da Luz (PHS) e apoio unânime dos vereadores, as associações anapolinas, envolvidas no processo de reabilitação de pessoas em tratamento contra o uso de entorpecentes, foram homenageadas no Plenário Teotônio Vilela.

Antônio Clécio Pereira, que empresta o nome ao certificado, foi o pioneiro na organização de comunidade terapêutica no município. Preocupado com os grandes prejuízos causados pelo uso de drogas lícitas e ilícitas, formalizou uma instituição sem apoio do Estado, atuando por mais de vinte anos. Antônio Clécio faleceu em 26 de abril de 2014, tendo em sua trajetória, o trabalho realizado com mais de 230 pessoas recuperadas.

A homenagem é o reconhecimento pela atividade frutífera realizada pelos centros de apoio terapêutico, os quais possuem técnica adequada para o tratamento, além de profissionais envolvidos com o bem-estar do paciente e também dos familiares. Todo o círculo social de uma pessoa na situação de dependente de psicotrópicos é levado em consideração no tratamento, foi o que ficou esclarecido na homenagem.

Em Anápolis os grupos de apoio também apresentam a fé como um caminho viável na recuperação da pessoa inserida nos programas. Segundo os representantes das associações, a apresentação da fé é um ponto forte na reabilitação, já que pode atingir aspectos intrínsecos à alma.

O propositor da Lei que instituiu o dia das comunidades terapêuticas, João da Luz (PHS), preocupado com a questão da disseminação das drogas, principalmente na infância, aproveitou a ocasião para sugerir que sejam feitas explanações nas escolas municipais, sobre as estratégias utilizadas pelos aliciadores usuários de drogas. "Isso é um trabalho de prevenção" afirmou o vereador.

Sherydan Luiza Oliveira, delegada da FEBRACT (Federação brasileira das comunidades terapêuticas em Goiás), comentou o marco regulatório do terceiro setor, que orienta as comunidades terapêuticas. "Hoje as comunidades terapêuticas tem um suporte legal para atuação na sociedade, como forma de garantia para a reinserção social, de forma comum em todos os lugares", reforçou a delegada da Federação.

Prestigiando o evento, a secretária de Desenvolvimento Social, Emprego e Renda, Eerizânia Enéas Freitas Lobo, relembrou que todos estão imbuídos no bem-estar da sociedade, frisou que é relevante a atuação do poder Legislativo e Executivo na busca do cuidado com as pessoas dependentes do álcool e outras drogas.

Homenageados:

Arlindo Costa Ribeiro Júnior – Missão Vida
Pastor André Ribeiro Pereira – Comunidade Terapêutica Aldeia da Paz
Astor Arnaldo Antônio da Costa – Associação Missionária Peniel
Missionária Domingas Souza Pereira – Iniciação Aldeia da Paz
Eerizânia Enéas de Freitas Lobo – Secretária de Desenvolvimento Social, Emprego e Renda
Pastor Jorge Gomes de Almeida – Centro de Reabilitação e Amparo Bom Jardim
Dr. Jairo Belém Soares Ribeiro Júnior
Josemar Carneiro – Plenitude Centro de Reabilitação
Frei José Maria – Casa de Acolhimento Nossa Senhora de Guadalupe
Jusceliane Vieira de Oliveira Teles – Associação Missionária Aliança
Klaus Niewman da Luz – Conselho Diocesano da Renovação Carismática de Anápolis
Marcos Martins Coelho – Fundador da Aldeia da Paz
Reilam Gonçalves da Silva – Comunidade Terapêutica Aldeia da Paz
Rita de Cássia Alves Garcia – Centro de Apoio Desafio Jovem Resgate
Missionária Rosangela J. de Souza Soares – Associação Príncipe da Paz
Wesley Muller – Instituição Valor da Vida (Grupo Caio Rocha)
Zilmar de Resende Pereira – Instituto de Medicina e Comportamento “Eurípedes Barsanulfo”.