Comissão elabora relatório sobre demandas para novo prédio

por Fernanda Morais publicado 26/06/2019 16h25, última modificação 27/06/2019 10h51

O vereador Domingos Paula (PV), foi eleito presidente da comissão que vai levantar as demandas para construção de um novo prédio da Câmara Municipal de Anápolis.

Ao longo da tarde da última terça-feira (25.jun) e manhã desta quarta-feira (26.jun), o vereador Domingos iniciou uma visita a todos os departamentos da Casa. Ele estava acompanhado  dos vereadores João da Luz (PHS) e  Thaís Souza (PSL).

O objetivo, de acordo com o presidente da comissão é elaborar um relatório sobre a atual situação do prédio da Casa e apontar o que será preciso ter no projeto de edificação da nova sede do Legislativo.

"Precisamos desse relatório detalhado sobra a realidade da estrutura da Câmara e o que é preciso no projeto novo para atender ao trabalho dos vereadores, dos funcionários e principalmente para receber a população aqui na Casa", comentou Domingos Paula.

O vereador acredita que até o final da próxima semana terá um relatório pronto que será entregue ao presidente Leandro Ribeiro (PTB). A ideia, segundo ele, é também mostrar a população que todo processo será feito com transparência e responsabilidade.

"A Câmara funciona hoje em condições precárias. Falta acessibilidade. Um cadeirante, por exemplo, não consegue chegar ao segundo andar do prédio porque não temos uma rampa. São salas pequenas e improvisadas. A cidade de Anápolis não merece um Poder Legislativo que não oferece dignidade alguma para quem o visita", disse.

Domingos Paula frisou que a partir do apontamento das necessidades do Legislativo, será feito um edital para a abertura da licitação. A empresa interessada irá construir o prédio em um terreno de sua propriedade e, posteriormente, alugar para a Câmara por um determinado período.

Além de Domingos Paula, Thaís Souza e João da Luz, fazem parte dessa comissão os vereadores Lisieux José Borges (PT), João Feitosa (PTB), Teles Júnior (PMN), Luzimar Silva (PMN), Pastor Elias Ferreira (PSDB) e Wederson Lopes (PSC).