Comissão mista que avalia Plano Diretor e Expansão Urbana recebe grupos para avaliar documentos

por Geovana de Bortole publicado 24/05/2016 15h40, última modificação 30/05/2016 16h43
Dando sequência aos estudos do Plano Diretor e do Projeto de Expansão Urbana de Anápolis, os vereadores membros da Comissão Mista que avaliam os documentos se encontraram na tarde de segunda-feira (23.mai.2016) com os representantes do Núcleo Gestor do Plano Diretor, engenheiros do Sindicato das Indústrias da Construção do Mobiliário de Anápolis (SICMA), Conselho de Arquitetura e Meio Ambiente e Câmara Técnica do Comcidade para discutir sobre os projetos.
Comissão mista que avalia Plano Diretor e Expansão Urbana recebe grupos para avaliar documentos

Comissão mista que avalia Plano Diretor e Expansão Urbana recebe grupos para avaliar documentos

Dando sequência aos estudos do Plano Diretor e do Projeto de Expansão Urbana de Anápolis, os vereadores membros da Comissão Mista que avaliam os documentos se encontraram na tarde de segunda-feira (23.mai.2016) com os representantes do Núcleo Gestor do Plano Diretor, engenheiros do Sindicato das Indústrias da Construção do Mobiliário de Anápolis (SICMA), Conselho de Arquitetura e Meio Ambiente e Câmara Técnica do Comcidade para discutir sobre os projetos.

Os participantes da reunião tentaram chegar a uma solução em conjunto em relação aos textos. O grupo está em fase de incorporação de emendas, que chegaram a 29 até o momento. Nem todas foram acolhidas. As principais discussões foram acerca de ocupações, e da zona mista que pode ser divida, diferenciando da lei atual. O grupo também debateu sobre locais em que podem ser construídos prédio e altura permitida, locais de estacionamento, mobilidade urbana, delimitação de zoneamento e os problemas com o subsolo.

Os vereadores pretendem apresentar um relatório para a apreciação do Plenário. De acordo com os parlamentares, o principal objetivo da Câmara é estudar os interesses econômicos e ambientais, sobretudo levanto em consideração o crescimento ordenado, para equilibrar as demandas e resguardar as expectativas da população.

O secretário municipal de obras e também presidente do Comcidade, falou que as emendas apresentadas fugiram um pouco do texto original. “Apesar disso, tudo o que está sendo discutido é importante. Estamos aqui para ter serenidade necessária para esclarecer as dúvidas dos vereadores e da população”, afirmou.

No final dos debates, os vereadores votaram em alguns parágrafos da lei.

 

A reunião contou com a presença do presidente da Casa, Lisieux José Borges (PT), dos vereadores Amilton Filho (SD), que comandou o debate,  Wederson Lopes (PSC), Jakson Charles (PSB), Vespa (PSDB), Pastor Wilmar Silvestre (PSC), Jerry Cabeleireiro (PTB), Professora Geli Sanches (PT), Jean Carlos (PTB), Luiz Lacerda (PT) e Miguel Marrula (DEM).

registrado em: