Comissão é criada para levantar demandas que vão nortear edital do novo prédio da Câmara

por Marcos Vieira publicado 25/06/2019 11h49, última modificação 25/06/2019 11h49
Comissão é criada para levantar demandas que vão nortear edital do novo prédio da Câmara

Presidente Leandro e vereadores na reunião na manhã desta terça-feira, 25 (Foto: Ismael Vieira)

Reunião realizada nesta terça-feira (25.jun), sob a coordenação do presidente Leandro Ribeiro (PTB), definiu a criação de uma comissão que irá levantar as demandas para construção de um novo prédio da Câmara Municipal de Anápolis.

Em comum acordo, preside o colegiado o vereador Domingos Paula (PV), com os seguintes membros: Lisieux José Borges (PT), Thaís Souza (PSL), João da Luz (PHS), João Feitosa (PTB), Teles Júnior (PMN), Luzimar Silva (PMN), Pastor Elias Ferreira (PSDB) e Wederson Lopes (PSC).

A partir do apontamento das necessidades do Legislativo, será feito um edital para a abertura da licitação. A empresa interessada irá construir o prédio em um terreno de sua propriedade e, posteriormente, alugar para a Câmara por um determinado período.

É um modelo que já vem sendo usado por outros órgãos, como a Receita Federal. A sede do Ministério Público de Goiás (MPGO) feita em Anápolis seguiu esse padrão. “O interessante é que não se gasta nem um real do erário para essa obra”, explica o presidente Leandro Ribeiro.

Segundo ele, é unanimidade entre os vereadores a necessidade de o Poder Legislativo oferecer melhores instalações para o trabalho de servidores e vereadores, bem como garantir condições adequadas para receber a população. Hoje falta acessibilidade ao prédio da Câmara, por exemplo.

Definidas as necessidades da Câmara, escolhida a empresa e feita a obra, o aluguel será definido de acordo com uma tabela, que leva em conta a metragem da edificação. “Ou seja, tudo na maior lisura e transparência possível”, ressalta Leandro.

Os projetos poderão ser apresentados para qualquer região da cidade. O presidente vislumbra uma obra que já contemple o crescimento da cidade. “Queremos no mínimo 200 vagas de estacionamento para a população”.

A primeira reunião da comissão foi realizada imediatamente após a sua definição. Domingos Paula explicou que ficou acertado que eles vão até os departamentos da Câmara, para levantar as reais necessidades de cada setor. “Queremos fazer um trabalho amplo, mas com celeridade. Esse primeiro esboço já deve ser apresentado na próxima terça-feira [2.jul]”, explicou o presidente da comissão.

Presenças
Estiveram presentes na reunião coordenada pelo presidente Leandro Ribeiro os seguintes vereadores: Domingos Paula (PV), Thaís Souza (PSL), Jean Carlos (PTB), João Feitosa (PTB), Teles Júnior (PMN), Lélio Alvarenga (PSC), Luzimar Silva (PMN), Pastor Elias Ferreira (PSDB), Pedro Mariano (PRP), Luiz Lacerda (PT), Alfredo Landim (PT), Lisieux José Borges (PT), Américo (PSDB), Mauro Severiano (PSDB), João da Luz (PHS), Professora Geli (PT) e Deusmar Japão (PSL).