Comissão de Saúde se reúne com Conselho de Saúde e Secretaria de Saúde

por Geovana de Bortole publicado 04/12/2019 14h29, última modificação 04/12/2019 14h29
Comissão de Saúde se reúne com Conselho de Saúde e Secretaria de Saúde

Comissão de Saúde se reúne com Conselho de Saúde e Secretaria de Saúde

A Comissão de Saúde, Saneamento e Assistência Social, representada pelo presidente em exercício Lélio Alvarenga (PSC), e pelos membros Professora Geli (PT) e Pastor Elias Ferreira (PSDB), realizou reunião no Conselho Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde na tarde desta quarta-feira (03.nov).

Os vereadores repassaram as principais demandas municipais de saúde, que chegam diariamente em seus gabinetes.

Os parlamentares foram recebidos pelo presidente do Conselho de Saúde Welison Marques e pelo vice-presidente, Hamilton Batista Júnior.

O vereador Pastor Elias questionou sobre a questão do controle da Santa Casa, e também falou sobre os pacientes que estão realizando tratamento de câncer na cidade. “Os pacientes reclamam que não conseguem vagas para fazer retorno no tratamento, enquanto os médicos possuem vagas ociosas”, disse.

O tucano expôs ainda sobre a demora para realização de cirurgias de catarata no município, e sobre o tempo esperado pelos pacientes para resultados de exames durante atendimentos. Outro assunto abordado pelo parlamentar foi sobre a falta de neurocirurgião na cidade. “Recebi mensagem de um médico especialista, que quer trabalhar, mas não consegue. Enquanto isso, a população fica sem atendimento e alguns pacientes vão a óbito”, informou.

A vereadora Professora Geli indagou sobre as cirurgias seletivas. "Muitas pessoas me procuram para me pedir ajuda. Elas contam que o centro cirúrgico da Santa Casa está vazio, mas o sistema não consegue encaminhar para a realização da cirurgia", disse.

A parlamentar frisou ainda que uma das grandes dificuldades que a população enfrenta é a respeito do fluxo de exames da cidade.

Já Lélio Alvarenga comentou sobre a independência do Conselho na cidade. “É muito bom saber que atuam com liberdade. Estamos longe do ideal, mas vamos atuar juntos pelo bem da população”.

Durante o encontro, Lélio lembrou que a Comissão de saúde se encontrou com o Secretário Estadual de Saúde, que prometeu realização de 10 cirurgias semanais na cidade, mas ainda não foi realizada nenhuma. O vereador pontuou que Anápolis atende mais de 60 municípios vizinhos. “Embora não conseguimos atender nossos próprios moradores”, comentou.

O presidente disse que precisam encontrar um caminho para solucionar as questões pendentes no município. “O Governo Estadual não está colaborando, mas estamos trabalhando para melhorar nossa parte”, ressaltou.

No final do encontro, o vereador Pastor Elias entregou um documento com as demandas e reclamações que recebe diariamente por parte da população, e dos médicos.

Em seguida, a Comissão se reuniu com o Secretário Municipal de Saúde, Lucas Leitte. Além dos assuntos abordados no primeiro encontro, os parlamentares criticaram o “Zap da Saúde”, sistema implantado para agendamentos online. Os vereadores afirmaram que o sistema não está funcionando, e que as pessoas estão demorando em conseguir atendimento.

Secretario disse que pretende colocar uma pessoa para agendar atendimento em cada Unidade de Saúde. “O agendamento online atende apenas uma parcela da população. Muita gente não tem acesso online. Vamos ter agendamento presencial”, contou.

O Secretário disse que a maior dificuldade enfrentada na saúde atualmente é em relação ao Estado, pois a Secretaria não está recebendo repasse financeiro e o Município está arcando com tudo sozinho

Lucas Leitte informou que este mês terá um mutirão de cirurgias de cataratas na cidade. “Pretendemos fazer 600 cirurgias”, comentou.

O Secretario disse irá agendar uma audiência pública na Câmara Municipal, para fazer uma prestação de contas. “Faço questão de informar sobre nossas   e esclarecer as dúvidas da população”, concluiu.