Comissão de Educação pede implantação e construção de escolas à Secretária Estadual de Educação

por Julio de Paula publicado 20/03/2019 16h35, última modificação 20/03/2019 16h56
Comissão de Educação pede implantação e construção de escolas à Secretária Estadual de Educação

Comissão de Educação pede implantação e construção de escolas à Secretária Estadual de Educação

A Câmara Municipal de Anápolis, por meio da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (CECCT), esteve reunida com a secretária estadual de Educação, Fátima Gavioli, na tarde desta terça-feira (19.mar), no Hotel Mercure, em Goiânia, para tratar da implantação de escolas e construção de elevações públicas na área educacional dentro do Município.

Pastor Elias Ferreira (PSDB), João  da Luz (PHS) e Valdete Fernandes (PDT), além de Sueni Youssef,  assessora parlamentar e representante da vereadora Professora Geli (PT), fizeram suas reivindicações formais à secretária, que fez questão de elogiar à educação estadual de Anápolis. "A boa notícia é o nível do ensino na Cidade. Não temos dinheiro do tesouro nacional, porém peço aos parlamentares que busquem seus pedidos por meio de emendas", discorreu Fátima.

Segundo João da Luz, há demandas reprimidas há cerca de 20 anos na Cidade, com professores exaustos e necessitados de atenção. Para ele, as salas de aula estão cheias e não há como colocar alunos em outros locais para assistirem os conteúdos e participarem do processo de ensino-aprendizagem. A secretária considerou as orientações do vereador e falou que os pedidos precisam ser encaminhados à sua equipe e fazer deles exceção, porque as necessidades são muito grandes em todo o Estado e não consegue atender a todos os pedidos.

Uma sede própria foi o pedido do vereador Valdete Fernandes. De acordo com ele, o Colégio Estadual Professor Salvador Santos está funcionando numa área da igreja Anglicana e as instalações são muito precárias."São cerca de oito bairros que dependem dessa escola e os alunos estão querendo parar de estudar, porque não atende suas necessidades", analisou. Sueni Youssef falou que o Colégio Estadual Vinícius de Moraes funciona, no período noturno, no mesmo local que a Escola Municipal Maria Elizabeth, no Conjunto Filostro Machado. Para ela, fica inviável a realização dos trabalhos na educação.  

"Isso faz parte de uma estatística. Em Goiás, aproximadamente 30% dos prédios estão ociosos. Não podemos fazer compromissos de construção de escolas por agora, mas indico que trabalhemos com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE. Nada impede que possamos investir, mas precisamos nos atentar aos recursos", destacou a secretária.

Com a finalidade de avançar com a consolidação de mais um projeto parlamentar, o Pastor Elias entregou à secretária a cópia da Moção de Apelo, que solicita que a nova unidade do Colégio da Polícia Militar de Goiás seja implantada no Colégio Estadual Senador Onofre Quinan, na região do Bairro de Lourdes. "Desde o ano passado sou um dos que têm levantado essa bandeira", garantiu.

Participaram também da reunião, José Cassimiro Dias Neto, diretor do Colégio Estadual Professor Salvador Santos, no Calixtolândia, que pediu melhorias para sua unidade escolar; Sudário Berto de Souza, conselheiro tutelar; e Frederico Júnior, gerenciador de esportes.

 Foto: Ismael Vieira