Câmara realiza última sessão ordinária do ano

por cma — publicado 11/12/2012 23h00, última modificação 06/06/2016 10h50
Parlamentares aproveitaram para refletir sobre o encerramento da atual legislatura Na tarde desta quarta-feira (12-12) foi realizada a última sessão ordinária do ano na Câmara Municipal. O encontro dos vereadores no Plenário também marcou a última sessão ordinária desta atual Legislatura (2009 - 2012). Participaram dos trabalhos o presidente da Casa, Fernando Cunha (PSDB), e os vereadores, Sírio Miguel (PSB), Pedro Mariano e João Feitosa, ambos do PP, Gina Tronconi (PPS), os petistas, Luiz Lacerda e Dinamélia Rabelo, Assef Nabem (PMDB), Mauro Severiano (PDT), Márcio Jacob e Luiz Garcia (PTB), Valmir Jacinto (PPS) e Mirian Garcia (PSDB).
Câmara realiza última sessão ordinária do ano

Câmara realiza última sessão ordinária do ano

Foram lidos e encaminhados para as comissões internas da Casa quatro projetos. Dois deles referentes à organização do organograma funcional da Câmara, que a partir do próximo ano contará com o trabalho de 23 vereadores. As outras matérias tratavam de iniciativas da vereadora Mirian Garcia.  O primeiro concede o título de cidadania Anapolina a Dieb Abdon Afiune, o segundo dispões sobre a concessão de utilidade pública municipal a Igreja Presbiteriana Fogo Puro.
 
Os vereadores utilizaram os expedientes da sessão em clima de despedida. Na tribuna do Plenário, Pedro Mariano agradeceu ao companheirismo dos demais vereadores e ressaltou que graças ao apoio de toda a Casa na aprovação de seus projetos, até mesmo os mais polêmicos, como o que trata da questão da retirada do parágrafo que trata do aborto da Lei Orgânica do Município (Loma), ele conseguiu ser reeleito como o parlamentar mais bem votado do pleito de outubro de 2012.
 
Gina Tronconi usou o grande expediente também para agradecer. A vereadora retratou a importância da cobertura da imprensa anapolina às atividades da Câmara. Em seguida ela também cumprimentou os demais pares pelo trabalho conjunto desenvolvido ao longo dos últimos quatro anos.”Fui respeitada, atendida e acolhida pela Casa. Eu não perdi uma eleição, eu ganhei amigos, experiência, aprendi, inclusive a abaixar a cabeça e assumir meus erros. Também tive dissabores, mas termino meu mandato com um saldo positivo em minha vida”, comentou.
 
João Feitosa também fez seu discurso em tom de despedida. Segundo o pepista “concluímos nesta semana o período de sessões ordinárias desta legislatura e chega o momento de um balanço. O final do ano nos convida a refletir sobre o que fizemos durante certas jornadas. Foi sem dúvida alguma um quadriênio produtivo e tenho certeza que essa legislatura deixa conquistas importantes. Tivemos obstáculos enormes, é verdade, mas todos eles enfrentados com transparência, com as portas abertas para a população saber o que aqui acontecia”, disse. 
 
Na ordem do dia os vereadores aprovaram em segunda votação seis projetos. Entre eles estavam a alienação de área pública ao fundo de arrendamento residencial gerido pela Caixa Econômica Federal para futuras construções de moradias populares em Anápolis. Em segunda votação também foi aprovada a iniciativa da vereadora Mirian Garcia, proibindo a comercialização de livros didáticos, paradidáticos literários e técnicos, bem como materiais escolares e afins, nas instituições de ensino fundamental e médio no município. 
 
Mirian Garcia também usou a palavra - pela ordem - para agradecer ao apoio dos demais vereadores no desenvolvimento dos trabalhos na Câmara. Mauro Severiano elogiou o discurso de João Feitosa e ressaltou que ele é legitimamente um vereador eleito pelo povo, mas que infelizmente, devido a legislação eleitoral, não pode assumir mandato. “O mesmo digo ao vereador cabo Jacinto, ele não vive de política, ele tem sua profissão, é professor, mas desempenhou com afinco seu mandato nos anos que aqui esteve”, disse. 
 
Luiz Lacerda falou sobre a administração da cidade, que nas mãos do prefeito Antônio Gomide (PT), deu um salto positivo, principalmente no que diz respeito ao resgate da credibilidade dos anapolinos. “E a Câmara, que é composta por nós, colegas de parlamento e do povo, fizemos parte deste momento de avanço. Hoje Anápolis é conhecida nacionalmente pela sua capacidade de crescimento e desenvolvimento nos vários setores, saúde, educação, esportes, entre outras áreas”, comentou.
 
O presidente Fernando Cunha destacou que a certeza que fica na realização desta última sessão ordinária é que todas as responsabilidades da Casa foram cumpridas graças ao empenho de cada vereador que fez parte desta legislatura. "Foi um tempo de aprendizado, agradeço ao apoio de todos que estiveram ao meu lado nesses anos que se encerram agora, e já desejo que os futuros vereadores que serão empossados para o próximo quadriênio, tenham espírito  de trabalhar para fazer com que a cidade continue evoluindo", disse.
registrado em: