Câmara participa das ações para frear Coronavírus; veja aqui todas as notícias sobre o tema nesta segunda, 16

por Orisvaldo Pires publicado 16/03/2020 22h55, última modificação 17/03/2020 09h26
Câmara participa das ações para frear Coronavírus; veja aqui todas as notícias sobre o tema nesta segunda, 16

Câmara participa das ações para frear Coronavírus; veja aqui todas as notícias sobre o tema nesta segunda, 16

A Câmara Municipal de Anápolis participa efetivamente das discussões e encaminhamentos estabelecidos pelas autoridades sanitárias, sob a coordenação da Prefeitura Municipal e demais instituições que integram a força-tarefa de combate ao Coronavírus. Nesta segunda-feira (16.mar) a TV Câmara acompanhou entrevista coletiva, no gabinete do prefeito Roberto Naves, quando foram atualizadas informações sobre providências adotadas para conter a disseminação do vírus, assim como as atitudes que serão adotadas agora que Anápolis se insere em um novo estágio em relação à doença.

Já no final da noite desta segunda-feira (16.mar), a Secretaria Estadual da Saúde, por meio da divulgação de boletim epidemiológico, confirmou o surgimento de um segundo caso de pessoa contaminada com o Covid-19 em Anápolis. O perfil da pessoa relacionada ao novo caso não foi divulgado. O mesmo boletim informou que Goiás conta com 83 casos suspeitos e nove confirmados (5 em Goiânia, 2 em Rio Verde e 2 em Anápolis).

A confirmação dos dois primeiros caso de Covid-19 (Coronavírus) em Anápolis eleva a estratégia de combate à disseminação da doença do nível zero para o nível 1. Esta condição desencadeia uma série de providências mais fortes, com objetivo de conter a propagação. O prefeito Roberto Naves (Progressistas), que durante entrevista coletiva à imprensa confirmou o primeiro caso de pessoa contaminada em Anápolis, uma senhora de 69 anos testou positivo para a doença, desloca-se ainda nesta noite a Goiânia, para se reunir com o governador Ronaldo Caiado (DEM). Foi informado ainda que a senhora infectada e a família estavam em isolamento e que Anápolis soma 9 casos suspeitos da doença.

O chefe do Executivo anapolino vai editar uma nova Portaria que, entre outras providências, deve interferir em atividades como o funcionamento do comércio, shoppings, praças de alimentação, entre outros setores. “Vamos comunicar como vai acontecer e quais atividades podem ser suspensas. Neste momento precisamos da colaboração de toda a cidade, dos empresários. Colocamos a vida das pessoas acima de qualquer outro interesse. Vamos tomar as medidas necessárias e definidas pela equipe que está reunida agora trabalhando na elaboração da portaria”, disse Roberto Naves.

Além do prefeito, participaram da coletiva à imprensa o vice-prefeito Márcio Cândido; o secretário de Saúde, Lucas Leite; a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Mirlene Garcia Nascimento; e a médica infectologista Deborah Mota. O primeiro caso de Covid-19 em Anápolis é de uma senhora de 69 anos, que há três dias retornou de uma viagem à Itália. Mirlene Garcia informou que esta senhora realizou o exame em um laboratório particular, validado pelo Ministério da Saúde, que de imediato comunicou a Vigilância Epidemiológica do município. 

(clique no link abaixo e acesse o Boletim Coronaviurus 16.03.20)
chrome-extension://oemmndcbldboiebfnladdacbdfmadadm/http://www.anapolis.go.gov.br/portal/arquivos/files/Boletim%20Informativo%20CORONAVIRUS%20(1).pdf

Roberto Naves pediu a compreensão e a colaboração da população para que sejam obedecidas as determinações que serão feitas nas próximas horas. Segundo ele as providências são resultado de deliberações por parte de autoridades da Prefeitura, do Governo do Estado e do Governo Federal, “numa tentativa de retardar a disseminação do vírus e para que o sistema de saúde tenha condições de atender os casos”. O prefeito ressaltou que Anápolis fez seu dever de casa e o momento é de cautela.

Entre outros setores, a equipe que estuda os termos da Portaria que será publicada é composta por Procon, Prefeitura, Vigilância Sanitária, Secretaria de Saúde, Secretaria da Fazenda, em contato direto com autoridades do Governo do Estado. Também são estudados os impactos que as novas medidas devem provocar. “O vírus chegou a Anápolis, a situação é complexa. São identificados ônibus que vêm de cidades do norte do estado em busca de tratamento aqui. Precisamos da colaboração dos prefeitos dos demais municípios, para que os casos leves sejam tratados em suas localidades e os mais graves, sim, regulados para Goiânia ou Anápolis”, explicou Roberto Naves. 

INVESTIGAÇÃO
Mirlene Garcia disse que, durante a entrevista, uma equipe da Vigilância Epidemiológica estava na residência da senhora diagnosticada com o Covid-19. São coletados dados clínicos e epidemiológicos, para traçar uma linha do tempo, relacionados ao trânsito, o vôo, os deslocamentos que fez desde antes da viagem, quais contatos teve, a data de chegada, com quem ela estava. Deve ser acionada a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a empresa aérea que a senhora utilizou no retorno ao Brasil.  Deborah Mota informou que a taxa médica de cada paciente é de transmissão para outras duas ou três pessoas.

O secretário de Saúde Lucas Leite relatou que todas as medidas de contenção foram adotadas em relação à senhora de 69 anos e sua família. Segundo ele a paciente está “assintomática”, ou seja, não apresenta os sintomas do Covid-19, embora esteja infectada. Leite explicou que a maioria dos pacientes com Coronavírus, algo em torno de 80 por cento, apresentam sintomas compatíveis com gripes leves. “Há grupos de risco, pessoas que têm doenças crônicas, respiratórias, cardíacas, que podem apresentar complicações”, informou o secretário. Disse ainda que as pessoas não devem se descuidar da higienização das mãos e, se estiver gripado, não vá ao trabalho. 

(clique no link abaixo e assista a reportagem da TV Câmara Anápolis sobre a coletiva destra segunda-feira, 16)
https://www.youtube.com/watch?v=s8ZLDNFpBZc&feature=youtu.be

PROTOCOLOS
Desde a semana passada os governos federal, estadual e municipal adotam medidas de contenção do Coronavírus. O prefeito Roberto Naves, na sexta-feira (13.mar), anunciou uma série de providências quanto à logística e estratégia de atendimento aos casos suspeitos nas unidades de saúde.  Todas com início na quarta-feira (18.mar). Foram criadas cinco Unidades de Referência em Coronavírus (URC), nas Unidades de Saúde da Vila União, do Recanto do Sol, do Bairro São José e do Bairro de Lourdes. O atendimento acontece das 7 horas às 22 horas, diariamente. Já a Unidade do Parque Iracema atende 24 horas.

As equipes das Unidades de Referência servem de suporte para as unidades de saúde espalhadas pela cidade. Pelo menos 100 leitos de enfermaria e 30 leitos de UTI foram reservados para atendimento aos casos suspeitos. Os grupos de risco estabelecidos na estratégia de ação abrangem pessoas com idade a partir de 60 anos, portadores de doenças crônicas (diabetes, hipertensão, entre outras) e crianças com idade entre zero e três anos. Quem apresentar os sintomas (febre, tosse, dificuldade para respirar) deve procurar as Unidades de Referência. Um serviço de whatsapp foi criado para facilitar o contato. Para utilizar o dispositivo basta acessar o link www.anapolis.go.gov.br/portal/zapdaprefeitura/. O telefone 156 também pode ser acionado.

No domingo (15.mar), em edição extraordinária do Diário Oficial do Município, o prefeito Roberto Naves decretou situação de emergência na saúde pública no âmbito do município de Anápolis, em razão da disseminação do novo Coronavírus (Covid-19), pelo prazo de 180 dias. Se necessário, o prazo será renovado. O Decreto nº 44.691, de 15.03.2020, dispensa licitação para aquisição de bens, serviços e insumos de saúde destinados ao enfrentamento do novo Coronavírus. Também foram suspensos todos os eventos públicos e privados de qualquer natureza com número presencial igual ou superior a 50 pessoas; suspensão das aulas nas escolas públicas e privadas a partir de 18 de março; e foram liberados do comparecimento às repartições públicas servidores com idade igual ou superior a 60 anos, por 14 dias, período em que devem desempenhar suas atribuições em casa. 

(clique no link abaixo e acesse o Diário Oficial do dia 15.03.20)
http://www.diario.anapolis.go.gov.br:8124/dowebans/page/diarioOficial.jsf;jsessionid=D2320CFFE8F0A1C3D2716AAF3F8F663C


COMO AS PESSOAS DEVEM PROCEDER?
As pessoas são orientadas a procurar atendimento de saúde apenas quando apresentarem os sintomas. Se houver necessidade as equipes de assistência podem atender no domicílio. O atendimento nas Unidades de Referência deve ser agendado. Seguem algumas orientações das autoridades de saúde da Prefeitura de Anápolis: 

Precauções
Evitar qualquer tipo de aglomeração de pessoas, higienizar as mãos várias vezes ao dia, evitar levar as mãos aos olhos, boca e nariz.

Tratamento odontológico
Os tratamentos odontológicos oferecidos pela rede pública do município que já foram iniciados serão concluídos, mas, como medida preventiva, novos atendimentos estão suspensos, exceto em casos de urgência e emergência. 

CCI
O Centro de Convivência de Idosos (CCI), da Prefeitura de Anápolis, terá suas atividades interrompidas. Os frequentadores são do grupo de risco, em sua maioria idosos com mais de 60 anos.  

Transporte Urbano
A Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT) e a empresa de ônibus Urban reforçam as ações para prevenção nos ônibus que atendem o transporte coletivo de Anápolis. Assim como a higienização do terminal. Diariamente 190 ônibus transportam mais de 50 mil passageiros. Será realizada adequação de novos horários alternativos, para dar mais comodidade à população.   

Medidas de prevenção:
- Lavar as mãos várias vezes ao dia, com água e sabão, ou higienizar com álcool em gel 70%;
- Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos;
- Se tiver sintomas, evite contato físico com outras pessoas, fique em casa e entre em contato com as autoridades de saúde.
- Se pertence a grupo de risco ou sinta falta de ar, busque atendimento presencial em unidades de referência;
- Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lave sempre as mãos com água e sabão;
- Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos. 

ENTIDADES E INSTITUIÇÕES ADOTAM MEDIDAS PREVENTIVAS 

Câmara Municipal
Ainda na sexta-feira (13.mar), o presidente da Câmara de Anápolis Leandro Ribeiro publicou Ato da Mesa Diretora pelo qual suspende todas as sessões solenes, audiências públicas e reuniões partidárias que estavam agendadas para o Plenário Teotônio Vilela. Também dispensou do trabalho as pessoas com idade a partir de 60 anos e as gestantes. E ainda, restringiu o acesso ao plenário, nos horários das sessões ordinárias, apenas para vereadores, assessores da Diretoria Legislativa e profissionais de imprensa. 

(clique no link abaixo e lei mais sobre Ato da Mesa Diretora)
https://anapolis.go.leg.br/institucional/noticias/camara-suspende-eventos-limita-acesso-as-sessoes-ordinarias-e-libera-servidores-acima-de-60-anos-e-gestantes

Igrejas
Diocese de Anápolis – O bispo diocesano Dom João Wilk publicou, no dia 12 de março, orientações aos sacerdotes, diáconos, seminaristas, religiosos e religiosas, leigos e leigas da Igreja Católica, que vigoram até que passe a epidemia. Entre as orientações Dom João pediu que sejam observadas as orientações das autoridades civis e sanitárias; sejam mantidas condições de higiene e limpeza dos ambientes; aumentar número de missas aos domingos para reduzir a quantidade de pessoas nas celebrações; quem não puder ir à Missa assista pela TV; ficam dispensadas do dever dominical pessoas com idade acima dos 60 anos que estejam com sinais de gripe ou resfriado; remoção dos recipientes de água benta nas igrejas e capelas; higienização dos casos sagrados com álcool; suspensão do abraço da paz durante a Missa; e evitar contato físico ao distribuir a comunhão. 

(clique no link abaixo e veja as orientações Diocese)
https://www.facebook.com/dioceseanapolis/posts/2245697435533398

Igrejas evangélicas – Após pedido do governador Ronaldo Caiado, igrejas evangélicas anunciaram suspensão de cultos como prevenção. Vários eventos significativos das igrejas evangélicas foram suspensos na semana passada. Está adiada, por exemplo, a Marcha para Jesus, que estava marcada para o dia 1º de maio. 

Espíritas – As atividades internas da Federação Espírita do Estado de Goiás (Feego) estão suspensas desde a semana passada.

Associação Comercial e Industrial de Anápolis
Em nota oficial publicada nesta segunda-feira (16.mar), a Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia) suspende as reuniões ordinárias e extraordinárias da entidade, por tempo indeterminado. Também fica suspenso o aluguel da sala de reuniões e do auditório. O atendimento e atividades administrativas na sede da entidade deve observar as recomendações preventivas informadas pelas autoridades sanitárias. 

Escolas Particulares
O Decreto nº 44.691, de 15.03.2020, publicado pelo prefeito Roberto Naves, suspende as aulas em escolas públicas e privadas a partir de quarta-feira (18.mar). No entanto, a quase totalidade das escolas particulares de Anápolis dispensou os alunos já a partir desta segunda-feira (16.mar). Uma parte deve fazer reposição de aulas no decorrer do ano, outra parte adota sistema de aulas à distância pela internet. 

Instituto Federal de Educação (IFG)
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) determinou a suspensão das aulas de todos os campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) a partir desta segunda-feira, 16, por um período de 15 (quinze) dias.

A suspensão das aulas pode ser prorrogável. O Comitê Operativo de Emergência Covid 19 do Ministério da Educação (COE/MEC), do qual o reitor do IFG, Jerônimo Rodrigues da Silva faz parte, decide como tratar a questão. Os comitês locais do IFG devem realizar reuniões para avaliar as atividades administrativas e os desdobramentos referentes à suspensão das aulas.

O IFG reitera que estão mantidas as demais orientações que constam da nota pública emitida na sexta-feira, 13, em especial para servidores que apresentarem sintomas gripais, para que não compareçam às suas atividades e que procurem os serviços de saúde pública para receber orientação e atendimento adequados.

Poder Judiciário
Os desembargadores e magistrados, servidores, estagiários e colaboradores do Poder Judiciário em Goiás, passam a atuar em regime de teletrabalho. Por meio do Decreto Judiciário nº 585, publicado nesta segunda-feira (16.mar), o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, Walter Carlos Lemes, estabelece que esta situação perdura no período de 17 de março a 17 de abril. O ato define ainda que as unidades judiciárias e administrativas do Poder Judiciário devem funcionar com o mínimo de servidores, estagiários e colaboradores. Os diretores do Foro têm competência para decidir pelo fechamento ou não dos edifícios onde funcionam as unidades do Judiciário. 

Comércio
Nesta segunda-feira (16.mar) o governador Ronaldo Caiado atualizou a relação de providências para combater a propagação do Covid-19. O governo do Estado realiza a implementação de medidas em conjunto com a Prefeitura de Anápolis. Caiado deve publicar um novo Decreto nesta terça-feira (17.mar). Desta vez com determinações para interrupção de atividades em feiras de rua e shoppings, entre outras. O Terminal Rodoviário de Anápolis Josias Moreira Braga deve ser fechado a partir de quarta-feira (18.mar). O governador solicitou ao Ministério da Infraestrutura que seja avaliada a possibilidade de fechamento do terminal do Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, com imediata suspensão de voos. 

Campeonato Goiano de Futebol tem rodada na quinta-feira, 19
Na contramão da atitude de federações profissionais de futebol como as do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, a Federação Goiana de Futebol (FGF) vai manter os jogos do Campeonato Goiano. Na tarde desta segunda-feira (16.mar), o presidente da FGF, André Luiz Pitta, publicou Portaria em que estabelece a antecipação das duas próximas rodadas da competição. A decisão teria sido tomada após consulta aos dirigentes dos clubes que disputam o campeonato. Segundo o presidente a maioria das agremiações foi favorável não à paralisação, mas à antecipação das duas rodadas finais da primeira fase do Campeonato Goiano.

Assim, a 5ª rodada do 2º turno fica antecipada para quinta-feira (19.mar). A Anapolina joga diante do Goiânia, no Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia, às 15h30. O Grêmio Anápolis recebe o Goianésia, às 15h30, no Estádio Jonas Duarte. Neste mesmo local o Anápolis enfrenta a Aparecidense, às 20h30. A 6ª rodada acontece no domingo (22.mar), com todos os jogos às 16 horas. No Estádio Jonas Duarte tem Anapolina x Grêmio Anápolis. Já o Anápolis vai a Iporá, enfrentar o time da casa, no Estádio Ferreirão.

Os destinos do campeonato de profissionais será decidido em reunião entre a FGF, os dirigentes de clubes e os capitães de cada elenco, às 10 horas de segunda-feira (23.mar), no Hotel Mercure, no Setor Oeste, em Goiânia.

Numa outra Portaria, publicada nesta segunda-feira (16.mar), André Pitta suspendeu a partir desta terça-feira (17.mar), por tempo indeterminado, as competições das categorias de base já iniciadas: Campeonato Goiano Sub-20 e Sub-17 da 1ª divisão, assim como as que se iniciariam a seguir, categorias Sub-15 e Sub-13. Fica adiado para data indefinida o início do Campeonato Goiano da Divisão de Acesso, que tinha previsão de começar em 16 de maio. 

(clique no link abaixo e acesse a Portaria da FGF)
chrome-extension://oemmndcbldboiebfnladdacbdfmadadm/http://www.fgf.esp.br/media/PORTARIA%20REMANEJAMENTO%20DE%20JOGOS%20DO%20GOIAN%C3%83O%202020_.pdf

A Associação Atlética Anapolina publicou em suas redes sociais, nesta segunda-feira (16.mar), nota oficial na qual defende a imediata paralisação do Campeonato Goiano de profissionais. O presidente do Conselho, Pedro Chaves Canedo, lembrou que, para evitar consequências danosas, as principais instituições esportivas do mundo paralisaram suas atividades a partir desta data. Cita o caso do técnico do Flamengo, Jorge Jesus, que testou positivo para o Covid-19.

Em um trecho da nota, Pedro Canedo pondera: “Nós, como responsáveis pela integridade física de nossos atletas, comissão técnica e funcionários, vemos como necessidade total de senso coerente, paralisar imediatamente o Campeonato Goiano para a preservação da saúde de nossos colaboradores, bem como daqueles que fazem parte das demais agremiações envolvidas nesta disputa. Sabedores de que neste momento a paralisação poderia acarretar perdas pecuniárias à Federação Goiana de Futebol, insistimos que assim como várias empresas que estão com suas linhas de produção paradas, a FGF coloque à frente não apenas os compromissos assumidos ou outros interesses, e sim a saúde das pessoas que serão envolvidas nos jogos”. 

(clique no link abaixo e leia a nota da Anapolina)
https://www.facebook.com/AAAnapolina/posts/3471798556169472

Da mesma forma o Grêmio Esportivo Anápolis publicou nesta segunda-feira (16.mar), em suas redes sociais, nota em que defende a interrupção imediata do Campeonato Goiano. A diretoria do GEA, em trecho da nota, conclui: “Com isso o Grêmio Anápolis em nome de todos seus jogadores, comissão técnica, departamento médico, funcionários e diretoria vem através deste informar que é favorável ao encerramento imediato da competição”. A nota diz ainda que vai respeitar a decisão da FGF caso opte pela continuidade ou antecipação de rodadas, “mas que através deste deixaremos claro que não nos responsabilizaremos por nenhum caso, e que esta responsabilidade será repassada para as instâncias competentes”. 

(clique no link abaixo e leia a nota do Grêmio Anápolis)
https://www.facebook.com/oficialgremioanapolis/posts/2577367579252701:0

(Com informações de Prefeitura de Anápolis, Governo de Goiás, TV Câmara Anápolis, Diário Oficial do Município. 
Foto: Leandro Lage / Diretoria de Comunicação)

registrado em: