Câmara outorga título de cidadania anapolina ao delegado Angelino Alves de Oliveira

por Geovana de Bortole publicado 11/12/2017 14h50, última modificação 11/12/2017 14h50
Câmara outorga título de cidadania anapolina ao delegado Angelino Alves de Oliveira

Câmara outorga título de cidadania anapolina ao delegado Angelino Alves de Oliveira

Por iniciativa do vereador Jean Carlos (PTB), e apoio de todos os demais vereadores, a Câmara Municipal de Anápolis outorgou o título de cidadania anapolina ao delegado Angelino Alves de Oliveira. A sessão solene que conferiu a honraria foi realizada na última sexta-feira (08.dez), no Plenário Teotônio Vilela, com participação de autoridades, familiares e amigos do homenageado.

A solenidade foi conduzida pelo presidente da Casa, vereador Amilton Filho (SD), que destacou os grandes trabalhos do delegado. “A Câmara necessita reconhecer as pessoas que se destacam em nossa sociedade, e por todo seu trabalho em nome da nossa segurança, é importante conceder essa honraria, e garantir o direito dele ser anapolino, como já sentia em seu coração”, disse.

O propositor Jean Carlos disse que conheceu Angelino Alves de Oliveira através de amigos em comum, e decidiu pela entrega da cidadania em reconhecimento ao relevante serviço em combate a criminalidade. “Já conhecia sua trajetória e sua dedicação ao trabalho e quando nos aproximamos, pude observar o quanto ele era querido por todos. Seu desempenho deixa uma marca na cidade. Em reconhecimento a tudo o que vem realizando, decidimos outorgar esse título. Anápolis precisa de pessoas como ele, que realiza várias operações importantes na defesa da sociedade, e que deixa marcas positivas em nossa história”, destacou.

O mais novo cidadão anapolino contou que veio para a cidade há 15 anos para exercer sua profissão de delegado, onde inicialmente ficou como delegado na Polícia Federal. “Gostei muito da cidade, me identifiquei com ela desde o primeiro instante. Para evitar ser transferido a outro município, abdiquei da chefia, e agora atuo apenas como delegado. Essa homenagem é a maior que recebi em minha vida. Nasci em uma cidade, cresci em outra e passei a adolescência em outra. Quando me perguntam de onde sou, fico sempre em dúvida sobre o que responder. Mas com esse título de cidadão anapolino, com certeza posso afirmar agora que sou de Anápolis, com muito orgulho”, comentou Angelino.

Dentre as personalidades que prestigiaram a solenidade, estavam o vereador Lélio Alvarenga (PSC); o delegado chefe da Polícia Federal, Antônio José dos Santos; Rogério Ribeiro de Andrade, da Loja Lealdade Justiça 2ª; Tauny Mendes; Otacílio Machado, ex-prefeito do Novo Planalto; Hélio Machado, ex-vereador e ex-secretário municipal; Warney Geraldes, venerável da Loja Lealdade e Justiça; Paulo de Lima, e-vereador; Miguel Moreira, procurador aposentado do Estado; Márcio Correia, dentista; Ricardo Nabem,  ex-vereador; José Chaveiro, representando o deputado estadual Carlos Antonio; Sebastião Al1ves Martins, juiz do trabalho; major aviador Juarez Leal, da Ala 2 e o filho do homenageado, Túlio Pontes Alves, e a esposa Rejane Pontes Alves.

Trajetória

Angelino Alves de Oliveira nasceu em Balsas (MA), em 1 º de janeiro de 1963. Casado desde 1997 com Rejane Pontes Alves, com quem teve dois filhos, Petrus e Túlio. Reside em Anápolis desde janeiro de 2010.

Formado em direito pela UNI-DF. Pós-graduado em gestão de segurança pública pela Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro.

É delegado da polícia Federal desde 1995. Exerceu as funções de corregedor regional de Polícia Federal no Distrito Federal, coordenador adjunto de Recrutamento e Seleção da Polícia federal, chefe da Delegacia de polícia Fazendária Federal, Chefe de Disciplina da polícia Federal no Distrito Federal, chefe de Disciplina da Polícia Federal no Distrito Federal, chefe das delegacias de Polícia em Araguaína (TO), Mossoró (RN), Joinville (SC) e Anápolis.