Câmara homenageia autoridades e profissionais que atuam no combate ao abuso de crianças e adolescentes

por Marcos Vieira publicado 28/05/2018 11h40, última modificação 28/05/2018 11h46

 

Foto: Ismael Vieira

Em homenagem ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Câmara Municipal realizou na manhã desta segunda-feira (28.mai), uma Sessão Solene de entrega de Moção de Aplauso àqueles que atuam na área em Anápolis.

A data é celebrada no dia 18 de maio, com o objetivo de mobilizar a sociedade brasileira e convocá-la para o engajamento contra a violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes.

O evento na Câmara, proposto pelo vereador Pastor Elias Ferreira (PSDB), serviu ainda para a divulgação da campanha realizada pela Prefeitura de Anápolis de combate ao abuso de crianças e adolescentes, lançada na semana passada, durante o 2º Seminário de Fortalecimento da Rede de Proteção Social no Enfretamento à Violência contra Crianças e Adolescentes.

Ao abrir a Sessão Solene, o presidente da Câmara Municipal, Amilton Filho (SD), ressaltou a importância de se falar sobre o assunto, pois esse é o caminho para se prevenir crimes contra as crianças e, sobretudo, representa uma luz para os pais que não sabem como agir e a quem procurar. “É importante refletir sobre essa temática, que é preocupante. A partir da campanha, há o estímulo em se discutir o assunto, em procurar maneiras de mudar a realidade”, frisou.

Em um relato emocionante, o vereador Pastor Elias revelou que tem uma vítima de abuso na sua família. “E não tem borracha para apagar o que ocorreu”, disse. Diante de tantos casos, o vereador afirmou que se sente frágil, mas que não ficará calado. “Coloquei no meu coração que vou abraçar essa causa e convoco toda a população a participar”. Segundo ele, homenagear aqueles que trabalham no combate ao abuso de crianças e adolescentes fortalece a rede, serve como estímulo em um trabalho árduo, porém altamente necessário.

A superintendente Executiva da Mulher em Goiás, Onaide Santillo, representante do governador José Eliton (PSDB) na Sessão Solene, lembrou que as crianças abusadas nem sempre conseguem verbalizar o que ocorre com elas, portanto é importante que os adultos aprendam a ler os sinais que são dados a eles no dia a dia. Ela citou um desenho, a falta de apetite ou até mesmo a retração ou agressividade da criança como esses possíveis sinais. “Vamos ouvir como elas falam. Que Deus nos abençoe neste grande desafio”, ressaltou Onaide.

O juiz da Infância e Juventude de Anápolis, Carlos Limongi, afirmou que a Moção de Aplauso era merecida, pois se tratam de pessoas que escutam as crianças e ecoam por toda a rede os pedidos de socorro. “Incansavelmente nós lutamos. Não é fácil, mas acordamos de manhã agradecidos a Deus por podermos travar essa luta. Que Deus nos fortaleça e nos mostre o caminho. E que a cada dia estejamos mais unidos”, salientou o magistrado.

Quatro vereadores acompanharam a Sessão Solene: Domingos Paula (PV), Pastor Wilmar Silvestre (PSC), Deusmar Japão (PSL) e João Feitosa (PTB). Chamado para uma saudação, Wilmar falou de um projeto de lei de sua autoria, ainda na legislatura passada, que trata da regulamentação do Disque 100 na cidade de Anápolis, o número telefônico para as denúncias de exploração.

Também em discurso, a primeira-dama Vivian Albernaz disse que assim que ganhou a eleição, o prefeito Roberto Naves (PTB) lhe indicou a missão de “cuidar das pessoas que precisam”. A partir daí, ela disse que foi estudar a Secretaria de Desenvolvimento Social, conhecer seus projetos e profissionais, para que pudesse contribuir de fato. “Agradeço ao vereador Pastor Elias pelo reconhecimento. São pessoas que realmente trabalham pelas outras”, completou a primeira-dama.

Convidada a falar em nome dos homenageados, a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho, Emprego e Renda, Tânia Aparecida da Silva, agradeceu à Câmara Municipal pela deferência a pessoas importantes na rede de proteção das crianças e adolescentes. Ela aproveitou para divulgar o mote da campanha lançada pela administração municipal, de que a denúncia é o caminho para conter a exploração. “Só assim vamos realmente reduzir esse tipo de violência”, afirmou.

Os homenageados

Carlos José Limongi Sterse
Caroline Homsi Gonçalves De Almeida
Cleide Martins Hilário De Barros
Eerizania Enéas Freitas Lobo
Etiene Garcez Machado
Glorismar Nascimento Melazo
Juliana Lino Ganzarolli
Kênia Batista Dutra Segantini
Lucas Soares Rodrigues
Márcia Jacinta Silva Sousa
Pahedra Paolla Peixoto
Shirley Beatriz Campos
Tânia Aparecida da Silva
Vivian Cristina Albernaz Naves
Flávia Fernanda Xavier
Onaide Santillo