Câmara e servidores efetivos reforçam diálogo para atender demandas da categoria

por Orisvaldo Pires publicado 19/11/2020 12h43, última modificação 19/11/2020 12h43
Câmara e servidores efetivos reforçam diálogo para atender demandas da categoria

Câmara e servidores efetivos reforçam diálogo para atender demandas da categoria

O presidente da Câmara de Anápolis, vereador Leandro Ribeiro (PP), na manhã desta quinta-feira (19.nov), na sala de reuniões da presidência, recebeu os representantes da Comissão dos Servidores Efetivos do Poder Legislativo, para tratar do Plano de Vencimentos e Carreira da categoria. O grupo contou ainda com a participação de pelo menos outros vinte servidores.

Ao final do encontro foi positiva a avaliação dos servidores, que reconheceram a disposição da Câmara em manter aberto diálogo com a categoria e ao mesmo tempo se sensibilizar com sua demanda. “Foi produtiva a conversa, fomos bem recebidos. Há abertura sim de diálogo. Vamos trabalhar para viabilizar nosso pleito”, disse o presidente da Comissão dos Servidores Efetivos, Uarisson de Oliveira de Souza.

A servidora efetiva lotada na Diretoria de Administração, Shelle Hilário Pedreiro disse que o presidente, Leandro Ribeiro e o vereador Jean Carlos Ribeiro (DEM), indicado pela presidência para encaminhar a solução da demanda, trataram o assunto de forma satisfatória, “a Câmara está superaberta para atender nossa demanda”.

Os servidores efetivos solicitaram ainda à Câmara que seja promovida a equiparação dos vencimentos entre comissionados e concursados. Está em análise nas comissões projeto que regulamenta a estrutura organizacional administrativa e o regulamento do pessoal do Legislativo. A matéria está na pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Leandro Ribeiro elencou aos servidores uma série de ações adotadas pela gestão atual da Câmara, com objetivo de valorizar o servidor. Segundo ele o Plano de Vencimento e Carreira do servidor efetivo foi protocolado no início de 2020. Mas, devido reclamações encaminhadas por integrantes do próprio corpo de servidores efetivos aos órgãos fiscalizadores do Legislativo, a discussão da matéria teve que ser suspensa temporariamente, para que se iniciasse o processo de elaboração do plano de organização administrativa e regulamentação dos cargos comissionados. 

VALORIZAÇÃO
A atual gestão da Câmara, afirmou Leandro Ribeiro aos servidores efetivos, trabalha no sentido de valorizar todos os servidores, indistintamente, seja no aspecto financeiro, como no quesito condições de trabalho. “Nos desdobramos para assegurar aos servidores melhores condições para desempenhar suas funções, convocamos concursados, instituímos o Ponto Eletrônico e, no projeto que ora é analisado pela CCJR, além de regulamentar a estrutura organizacional, há previsão de corte de 58 cargos comissionados, com economia de R$ 120 mil mensais”, ressaltou o presidente.

Ao final, Leandro Ribeiro disse que reconhece como legítimo o pleito dos efetivos e determinou à assessoria jurídica que encaminhe a solução da questão. Também pediu que a categoria se una e que, sempre que tiver pendências a resolver, que procure a presidência, “estamos à disposição do servidor a qualquer hora”. Os servidores ficaram de apresentar uma sugestão concreta para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

A reunião teve ainda as presenças dos vereadores Domingos Paula (PV), Thaís Souza (PP), Lisieux José Borges (PT) e Wederson Lopes (PSC). Além do procurador Maurílio Alvim; o chefe de gabinete da Presidência, Francisco Xavier Nunes; e os diretores Pedro Paulo Santos (Administração), Clésio Pinto (Finanças) e Orisvaldo Pires (Comunicação).

registrado em: