Câmara condecora 26 personalidades com a Comenda Henrique Santillo

por Marcos Vieira publicado 14/12/2018 09h20, última modificação 14/12/2018 09h42
Câmara condecora 26 personalidades com a Comenda Henrique Santillo

Vereadores e os novos comendadores de Anápolis, em noite de festa no Teatro São Francisco (Foto: Ismael Vieira)

A Câmara Municipal realizou sessão solene, na noite de quinta-feira (13.dez), para entrega da Comenda Henrique Santillo a 26 cidadãos que fazem parte da história de Anápolis, contribuindo em diferentes áreas para o desenvolvimento da cidade.

A Comenda Henrique Santillo foi criada em 2004, por iniciativa do então vereador José Vieira, e é a mais alta honraria entregue pelo Poder Legislativo. Os homenageados escolhidos pelos vereadores são confirmados por projeto de decreto legislativo.  

A honraria leva o nome do médico Henrique Santillo, falecido em 2002, político que ocupou diferentes cargos eletivos: vereador, prefeito e governador de Goiás. Foi também ministro da Saúde e presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Em discurso, o presidente Amilton Filho (SD) disse que estava feliz pelos ilustres homenageados da noite. "Essa comenda serve como estímulo, mas também traz mais responsabilidade a cada um, por carregar o nome de Henrique Santillo, um grande estadista, exemplo de homem público de respeito no Brasil", frisou.

Amilton aproveitou para fazer um balanço de sua gestão à frente da Mesa Diretora, que se encerra em 31 de dezembro. Em fevereiro de 2019 ele deixa o mandato de vereador para assumir o cargo de deputado estadual, pelo qual foi eleito no pleito de outubro.

Amilton afirmou que quando foi eleito vereador, almejava conquistar a presidência da Câmara. "E concluo essa jornada com o coração sereno e cabeça tranquila". Ele agradeceu os vereadores que fizeram parte da Mesa Diretora e citou conquistas nesses dois anos.

"Fizemos o concurso público, dinamizamos a comunicação e transferimos o plenário para um espaço adequado para receber a população. Implantamos o pregão eletrônico, que gerou economia para a Casa. Colocamos em prática projetos como o Câmara nos Bairros e o Parlamento Jovem", resumiu Amilton Filho.

O vice-prefeito Márcio Cândido (PSD), que representou o prefeito Roberto Naves (PTB) na solenidade, destacou a forma honrada de escolha dos homenageados e a importância da comenda que leva o nome de Henrique Santillo, "político que expressa o que de mais importante aconteceu em Goiás nos últimos tempos".

Ao discursar em nome dos homenageados, irmã Rita Cecília disse que se sentia honrada pela homenagem. Ela citou trecho de um discurso de Henrique Santillo, classificando o texto como um "sonho lindo". 

"Sonho com uma sociedade solidária e justa, onde vale a pena ser honesto. Tenho esse sonho e compartilho com todos os goianos", leu irmã Rita.

Irmão de Henrique Santillo e condecorado com a comenda, Adhemar Santillo, ex-prefeito de Anápolis, falou do simbolismo da homenagem. "É extraordinário. Nos dá força para fazermos ainda mais para nossa cidade", discursou.

Adhemar narrou a trajetória de Henrique, desde a chegada da família a Anápolis, a infância de muito trabalho, a formação em Medicina em Minas Gerais e o ingresso na política.

Henrique Santillo, ao lado dos irmãos Adhemar e Romualdo, foram grandes opositores da Ditadura Militar no País. "Ele não nasceu em Anápolis, mas fez um trabalho enorme pela cidade, pela democracia e pela liberdade", completou.

Adhemar lembrou que o irmão era um democrata convicto e já na sua primeira eleição, como vereador, teve que enfrentar os militares que estavam no poder para conseguir tomar posse.

Adhemar Santillo foi o primeiro prefeito de Anápolis eleito pelo voto quando a cidade deixou de ser área de segurança nacional, em 1985.


OS COMENDADORES

Adhemar Santillo (Indicação de Luzimar Silva). Natural de Ribeirão Preto (SP), 79 anos. Casado com Onaide Santillo, três filhos. Veio para Anápolis aos 4 anos de idade. Estudou no Colégio Estadual José Ludovico de Almeida, 1º presidente da União dos Estudantes Secundaristas de Anápolis. Graduou-se em Direito na Associação Educativa Evangélica. Cronista esportivo da Rádio Carajá e jornal O Anápolis. Foi presidente da Liga Anapolina de Desportos, deputado estadual por um mandato e deputado federal em três mandatos. Foi secretário estadual de Educação, e secretário de governo de Henrique Santillo. Eleito prefeito por duas vezes em Anápolis. É diretor da Rádio Manchester.

Alessandro Di Carlo Ferreira (Indicação da Mesa Diretora). Natural de Goiânia, pai da Loreena. Teve sua origem na agricultura. Trabalhou na atração de investimentos para Goiás, em especial para o município de Anápolis. Fundador da ONG Mais Ação. Atualmente é diretor Administrativo e Financeiro da Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT).

Altamiro Barbosa dos Anjos (Indicação de Jakson Charles). Casado com Ítala Ribeiro, três filhos e quatro netos. Convertido ao Protestantismo desde 1978, é pastor de tempo integral. Nestes quarenta anos prestou serviços às comunidades de Uruana (GO) por cinco anos; Goianésia (sete anos); e em Anápolis (27 anos). Atualmente é presidente do Ministério Internacional Sarça Ardente.

Daniel Silva Fortes (Indicação de Wederson Lopes). Graduado pela Universidade Católica de Goiás em Arquitetura e Urbanismo em 2003; Pós-graduado pela Universidade Paulista em Gerenciamento de Obras e Projetos de Edificações. Ingressou na vida pública como assessor técnico da Secretaria Municipal de Obras em 2003; Aprovado em concurso, tomou posse como arquiteto, mas abriu mão do cargo para atuar na iniciativa privada.  Foi Diretor de Habitação e Urbanismo; membro dos conselhos municipais de Meio Ambiente, de Cultura e da Cidade; Gestor de Projetos na empresa Excel Construtora;  Secretário Municipal de Meio Ambiente, Habitação e Planejamento Urbano nos anos de 2017 a março de 2018; Atualmente, é diretor de Licenciamento, Habitação e Planejamento Urbano.

 Iran Célio José Rodrigues (Indicação de Thaís Souza). Formou-se em medicina pela UFG em 1974. Especialização em Cardiologia. Concursado do Ministério da Saúde em cardiologia e clínica medica em 1977. Tem 41 anos no sistema público de saúde de Anápolis. Foi diretor técnico do PAN-CAIS do Inamps e do Cais Jardim Progresso. Atualmente é diretor técnico da unidade de saúde Ilion Fleury. Membro da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Integrou o corpo clinico do Instituto de Cardiologia dr Maurity Escobar. Faz parte do corpo clinico do Hospital Nossa Senhora Aparecida desde 2007.

Ivan Beze Júnior (Indicação de Jean Carlos). Natural de Anápolis. Casado com Marta Rejane, três filhos. Graduou-se em Engenharia Civil pela UEG em 1998, e em Gestão Sanitária e Ambiental em 2005. Pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho; Engenharia de Produção; Ergonomia e Saúde no Trabalho; e pós-graduando em Direito e Justiça do Trabalho. Atuou na empresa Caoa/Hyundai e na Associação de Combate ao Câncer. É perito da Justiça do Trabalho da 18ª Região de 2002 aos dias atuais, assim como no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás. É vice-presidente da Associação dos Peritos da Justiça do Trabalho de Goiás. Como desportista, é campeão goiano e vice-campeão brasileiro de natação máster de 2018.

João Bosco Machado da Silveira (Indicação de Lisieux Borges). Natural de Anápolis. Casado com Elizabete Barreiros, três filhos. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia; em Mastologia; e em Mamografia. Ex-presidente da Sociedade Goiana de Mastologia; da Sociedade Goiana de Ginecologia e Obstetrícia; e da Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia – Região Centro-Oeste. É vice-presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia. Médico da Secretaria Municipal da Saúde por 36 anos e do Ministério da Saúde também por 36 anos. Foi diretor da Unimed, Associação Médica de Anápolis e de Goiás, Sindicato dos Médicos, entre outros. Atualmente atende na Clínica Matermaria e Unidade Oncológica de Anápolis, onde é um dos principais articuladores para sua ampliação.

João Campos de Araújo (Indicação de João da Luz). Natural de Peixe (TO), 56 anos. Casado com Ilda Rodrigues, dois filhos, um neto. Na infância estudou em São Miguel do Araguaia. Trabalhou como office-boy. Já em Goiânia, em 1981 cursou Direito da Universidade Católica. Aos 20 anos passou no concurso para escrivão da Polícia Civil. Graduou-se em Direito em 1985. No ano seguinte passou no concurso para Delegado de Polícia. Hoje é Delegado de Polícia de Classe Especial, licenciado. Especializou-se em Direito Constitucional e Direito Administrativo, e fez pós-graduação em Direito Penal e em Direito Processual Penal. Em 1996 foi consagrado pastor da Igreja Assembleia de Deus. Em 2002 se elegeu deputado federal pelo PSDB. Em 2018, pelo PRB, foi reeleito para o quinto mandato de deputado federal.

José Vítor Caixeta Ramos (Indicação de Pedro Mariano). Casado com Neide Ramos, três filhos. Iniciou na política em Souzânia como subprefeito por cinco mandatos. Presidiu o Demer no governo Anapolino de Faria. Vereador por dois mandatos, de 2001 a 2004, e de 2005 a 2008.Foi presidente da Câmara Municipal de Anápolis por duas vezes e presidente do Sindicato Rural por duas vezes. Atualmente é vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e vice-presidente do Sindicato Rural.

Klever Mendes Campos (Indicação de Lélio Alvarenga). Natural de Anápolis, 60 anos, casado com Simone, três filhos e quatro netos. Primeiro dentista anapolino a ingressar na Base Aérea de Anápolis como oficial. Participou do voo da Aeronave F-103 Mirage. Hoje é oficial da reserva remunerado. Formado em Odontologia pela Faculdade João Prudente há 35 anos. Atua na área de clínico geral e especializada em periodontia e implante. Formado em Gestão Pública pela UEG. Coordenador da Uniodonto em Anápolis, realiza trabalho social voluntário há 33 anos junto a comunidades indígenas na Amazônia e no Pará, assim como em Goiás e Tocantins. É voluntário do projeto Asas do Socorro. Há 30 anos é voluntário no projeto Missão Vida e no Instituto Presbiteriano Álvaro Reis no Rio de Janeiro.

Leonardo Odair Sanches Borges (Mesa Diretora). Casado com Kamila Guimarães, dois filhos. Graduado em Química Industrial pela UEG, e em Direito pela Unievangélica. Mestre em Engenharia Agrícola pela UEG/UnB com área de concentração em Meio Ambiente e Recursos Humanos. Sócio-fundador do Escritório Celestino, Borges & Urani Advogados; conselheiro titular do Conselho Estadual de Meio Ambiente; suplente do Conselho Estadual de Recursos Hídricos; membro do Conselho de Meio Ambiente da OAB Seccional Goiás. É chefe do Departamento Jurídico da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás. Professor de pós-graduação em várias faculdades e cursos.

Luiz Sérgio Gonçalves Lopes (Indicação de Valdete Fernandes). Natural de Anápolis. Casado com Nilda Melo, três filhos. Estudou na Escola Paroquial de Sant’Ana, Colégio São Francisco de Assis, Colégio Einstein e Colégio Objetivo. Formado em Economia pela Faculdade de Ciências Econômicas de Anápolis (Facea). Serviu o Exército no Tiro de Guerra de Anápolis, condecorado com a Medalha de 1º lugar geral da 2ª Turma de 1982. Tem sua vida pautada e dedicada à família.

Maria da Glória Fernandes Coelho - Irmã Rita Cecília (Indicação de Elinner Rosa). Natural de Balsas (MA), 75 anos. Aos 18 anos entrou para o convento, na congregação das Irmãs Franciscanas de Allegany. Maria da Glória mudou o nome para Rita Cecília. Foi professora primária no Tocantins. Iniciou curso de medicina na UFG e concluiu na Faculdade do Pará. Em São Paulo fez residência no Hospital Santa Marcelina. Pós-graduada em Administração Hospitalar e Saúde Pública em Ribeirão Preto, e Direito Médico em Goiânia. Em 1988 veio para Anápolis para administrar a Santa Casa de Misericórdia. Integrou a direção das confederações regionais, nacionais e internacionais das misericórdias. Foi gestora da Santa Casa por mais de 30 anos e há 13 anos é gestora do Hospital de Urgências Dr. Henrique Santillo. É fundadora da Pastoral da Criança na Diocese de Anápolis e é membro do Rotary Club Anápolis Norte.

Maria Mota da Silva Espíndola (Indicação de Professora Geli). Graduada em Letras pelo Centro Universitário de Anápolis e Piano pela UFG, onde também se licenciou em Música. É pós graduada em Psicologia da Educação e Mestranda em Psicologia pela PUC-Go. Sempre trabalhou na rede pública e privada. Foi professora de piano, teoria musical e história da música. Em 2005 criou o Projeto CRIAR E TOCAR, para ensinar os música nos bairros mais afastados. Como colaboradora da Associação Educativa Evangélica, é Coordenadora Acadêmica Internacional, em programas de Intercâmbio de Línguas, Dupla Certificação e Pesquisa. Foi subsecretária Regional de Educação, Secretária de Cultura e Secretária Municipal de Educação.

Odilon Alves Rosa (Indicação de Américo Ferreira). Natural de Anápolis. Casado com Ana Aparecida, cinco filhos. Graduado em Economia pela UEG e em Direito pela Unievangélica. É jornalista e radialista. Atuou nas rádios Santana, Cultura, Imprensa, São Francisco e Manchester. Idealizou o jornal ‘O Ipê’. Trabalhou nos jornais Correio do Planalto, Gazeta Popular, Cinco de Março, Folha de Goiaz, o Estado de Goiás e Tribuna de Anápolis. Foi diretor do Diário da Manhã, fundador do Jornal do ônibus e da Revista Planeta Água, que dirige até hoje. Foi presidente da Comissão de Direito Ambiental da OAB-Anápolis em quatro gestões. É diretor-adjunto de comunicação da Associação Comercial e Industrial de Anápolis.

Paulo Henrique Xavier Rosa (Indicação de Amilton Filho). Ingressou na PM em 2000 como aluno. Dois anos depois concluiu o curso de formação de Sargentos. Trabalhou na 24ª Companhia Independente da PM em Anápolis. Em 2013 concluiu o curso de habilitação de oficiais auxiliares e trabalhou no 4º BPM. Foi chefe da seção de ensino do 3º CRPM. Coordenou os cursos de formação de praças de 2016 e 2017, e foi chefe do Copom do 3º CRPM por 3 anos. Foi agraciado com várias medalhas de mérito e moções de aplausos. Tem mais de 60 elogios em sua ficha funcional. Hoje está lotado no 37º BPM, em Pirenópolis. É chefe das seções administrativa, operacional e de patrimônio.

Reamilton Gonçalves Espíndola de Athayde (Indicação de Teles Júnior). Natural de Minaçu (GO). Casado com Janaína Doralice, dois filhos. Bacharel em Teologia pela Fatego. Gestor em Segurança. Pós-graduado em Psicomotricidade. Pastor Auxiliar da AD Jaiara. Presidente da Associação de Pais e Amigos dos Autistas e da Associação de Moradores do Residencial Aldeia dos Sonhos. Integra o Conselho Fiscal do Centro Municipal de Atendimento à Diversidade, membro do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Anápolis, membro do Conama e da coordenação pedagógica da AD Jaiara.

Ricardo Beze Prates (Indicação de Domingos Paula). Natural de Anápolis. Casado, três filhos. Formado em Administração pela Unievangélica. Já participou do Rotary Club. Auxilia o pai, Geraldinho, na administração do Posto Fabril, propriedade da família há 27 anos. É neto de João Beze, um dos fundadores do Anápolis Futebol Clube. É proprietário de uma academia de squash. Atuante na política, é filiado ao Partido Verde de Anápolis.

Ricardo Jorge Naben (Indicação de Mauro Severiano). Natural de Anápolis. Casado com Maria Roseli, três filhos. Aos 20 anos de idade começou a atuar no setor atacadista. Na década seguinte ingressou-se na política. Em 1992 foi eleito vereador pelo PMDB, partido que havia presidido. É ligado ao futebol. Nos dois primeiros anos de sua gestão como presidente levou o Anápolis Futebol Clube às finais do Campeonato Goiano.

Roberto Alves Pereira (Indicação de Pastor Elias Ferreira). Natural de Goiânia. Casado, dois filhos. É mestre em Ciências Ambientais pela Unievangélica. Especialista em História e Cultura Afro-Brasileira e Africana pela UFG; e em Políticas Públicas sobre Álcool e outras Drogas, pela Unievangélica, onde também se graduou em Ciências Sociais. Fez Teologia em nível médio pelo Seminário Jovens Livres, e Gestão em Programas com Eficiência em Reabilitação e Prevenção ao Uso de Drogas, pelo Teen Challenge (Estados Unidos). Professor da Unievangélica e Faculdade Raízes, e titular do Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Álcool e outras Drogas.

Roselane Rosa Cardoso Gomes (Indicação de Fernando Paiva). Natural de Anápolis, casada com Wellington Teixeira, dois filhos e uma neta. Estudou no Colégio Auxilium. Bacharel em Serviço Social pela Faculdade Unopar. Voluntária no Centro de Acolhimento à população de rua. Pós-graduada em Filosofia pela Faculdade Católica de Anápolis. Iniciou seu trabalho com idosos no Abrigo dos Velhos Professor Nicephoro Pereira da Silva, como diretora e assistente social.  A instituição conta com 70 anos de fundação e presta serviço de proteção social de alta complexidade, acolhe 73 idosos, sendo 14 cadeirantes. Sobrevive com doações da comunidade.

Ruiter da Silva (Indicação de Leandro Ribeiro). Nasceu em Araguari (MG). Casado com Rozana Teodoro, três filhos. Veio para Anápolis em 1968. Graduado pela Faculdade de Odontologia João Prudente, em 1983, com especialização em Saúde Pública, Ortodontia e Radiologia. Foi diretor do Conselho Regional de Odontologia e delegado do CRO em Anápolis. Atuou como diretor clínico da Regional de Saúde e superintendente da Secretaria Municipal de Saúde. Na política – presidiu o PTB local; no esporte – presidiu a Associação Atlética Anapolina. Foi presidente do Rotary Club Anápolis. Recebeu título de cidadão anapolino em 2009. É proprietário da Ortoclínica.

Sérgio Gonzaga Jaime (Indicação da Mesa Diretora). Natural de Anápolis. Graduado pela Faculdade de Direito da UFG, em 1967. Pós-graduado em Direito Agrário, na Faculdade de Direito de Anápolis. Iniciou como advogado no escritório da família. Em 1972 montou seu próprio escritório, com atuação nas áreas trabalhista, cível, empresarial e outras. Foi professor na Escola Técnica de Comércio de Anápolis; e na Faculdade de Direito de Anápolis. Foi diretor da Subseção de Anápolis da Ordem dos Advogados do Brasil e teve assento no Conselho Secional da OAB. Durante mais de 15 anos foi diretor do Clube Recreativo Anapolino, e também presidiu a Apae de Anápolis.

Sérgio Mário Gabardo (Indicação de Deusmar Japão). Natural de Nova Bassano (RS). Casado com Iracema, dois filhos. Foi agricultor e motorista de caminhão. Iniciou curso de Direito, mas parou por falta de dinheiro. Em 1982 iniciou no transporte de veículos. Em 1989 fundou a Transportes Gabardo Ltda, em Porto Alegre. Em 2008 já transportava para a Caoa/Hyundai. Abriu várias concessionárias. Criou a empresa RG Log e a Gabardo Empreendimentos. Atende a Caoa/Chery, na cidade de Anápolis. É vice-presidente do Sindicato das Empresas de Carga e Logística no Rio Grande do Sul. Na Liga Feminina de Combate ao Câncer de Canoas (RS) inaugurou o Auditório que leva o nome de Mário Sérgio Gabardo, homenagem a seu filho que havia sido assassinado em 2005.

Ulisses de Oliveira Bitencourt (Indicação de Luiz Lacerda). Natural de Anápolis. Casado com Cátia Helena, 2 filhos. Fez ensino médio no Colégio Einstein. Bacharel em Direito pela Unievangélica. Especialista em Direito Empresarial. Pós-graduado em Direito e Processo Tributário pela Faculdade Cândido Mendes (RJ). Professor universitário. Coordenou o Núcleo de Prática Jurídica da Faculdade Fibra. Atuou na Comissão de Direitos Humanos da OAB-Anápolis, diretor da União dos Vereadores de Goiás, assessor na Secretaria Estadual de Administração, Prefeitura de Anápolis e Câmara Municipal. Hoje preside a 2ª Junta Administrativa de Recursos de Infrações (Jari). Em 2012 recebeu a Comenda Mérito Legislativo Pedro Ludovico Teixeira.

Virgínia Maria Pereira de Melo (Indicação de Antônio Gomide). Natural de Anápolis. Casada com Sílvio Melo, quatro filhos, seis netos. Estudou na Escola Paroquial Santana, Colégio São Francisco e Escola Normal Professor Faustino. Graduada em Psicologia pelo C.E.U.B. de Brasília, e mestre em Ciências da Educação Superior pela Universidad de La Habana. Especialista em Psicologia Experimental, Metodologia do Ensino Superior e Avaliação Institucional. Professora da UEG desde 1986. Trabalhou no Centro Universitário de Brasília e foi professora na Unievangélica por 22 anos. Secretária municipal de Educação de Anápolis de 2009 a 2016, conselheira do Conselho Municipal de Educação. Integrou grupos de trabalho sobre o Sistema Nacional de Educação e a Base Nacional Curricular Comum. Presidiu o Fórum Estadual de Educação.