Reunião Técnica cria comissão para tomar providências em relação ao Bairro Daiana

por Julio de Paula publicado 30/08/2019 18h15, última modificação 05/09/2019 09h18
Reunião Técnica cria comissão para tomar providências em relação ao Bairro Daiana

Reunião Técnica cria comissão para tomar providências em relação ao Bairro Daiana

O Bairro Daiana, que pertence ao município de Silvânia, pode, em pouco tempo, passar a ser de Anápolis, se depender dos moradores do setor e região. Os primeiros passos estão sendo dados e questões políticas e territoriais têm sido debatidas entre representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Depois da reunião técnica, proposta pelo vereador Pastor Elias Ferreira (PSDB) e realizada nesta sexta-feira (30.ago), no Templo da Igreja Assembleia de Deus do Bairro Daiana, uma comissão foi formada para dar sustentação à ideia e fazer com que providências sejam tomadas o mais rápido possível.

Essa comissão é formada por vereadores de Anápolis e de Silvânia, mais eleitores das duas cidades, que tiveram apoio inicial do deputado estadual, Coronel Adailton (PP). parlamentar  que também participou da reunião técnica. Para dar maior celeridade ao processo, Pastor Elias entregou  uma Moção de Apelo aos representantes de Anápolis na Assembleia Legislativa (Amilton Filho (SD) e Antônio Gomide (PT)).

Pastor Elias informou que, desde 2017, a comunidade o procurou para tomar providências. Ele lamentou que a educação, a saúde, a infraestrutura e a segurança pública faltam ao Bairro Daiana. O parlamentar anapolino comentou que muitas crianças estudam no Jardim Esperança, localizado em Anápolis e nada têm a ver com Silvânia. Só que os recursos, segundo ele, não chegam à região. E pediu auxílio ainda ao presidente da Câmara Municipal, Leandro Ribeiro (PTB), a quem agradeceu à oportunidade de apoiar as iniciativas em prol do bairro, e Diego Sorgatto (PSDB), outro deputado estadual.

Além do Bairro Daiana, que sofre ainda mais com o conflito da divisa de Anápolis, Silvânia, Gameleira e Leopoldo de Bulhões, a população do Jardim Esperança tem sido prejudicada. Para o Pastor Elias, a função do vereador é a de oferecer à sociedade, mais qualidade de vida. "Esse impasse gera uma confusão sem tamanho", destacou o vereador, que disse que o prefeito Roberto Naves também ficou sensibilizado com o tema.

Coronel Adaílton destacou que não faz promessa, mas um compromisso de trabalho com os moradores de que as melhorias possam chegar cada vez mais rápido. Na visão dele, a força dos moradores é maior, principalmente por votarem em Anápolis. Ele garante que não vai medir esforços a fim de que a comunidade tenha, pelo menos, um resultado satisfatório até o mês de dezembro próximo.

Alessandra Maciel (PSL), vereadora de Silvânia, disse que tem o apoio do prefeito Zé Faleiro (PSDB) e de outros parlamentares da Cidade, como Genilton Jorge e Léo Vítor. Para ela, não é justo os moradores sofrerem porque o bairro está no meio do caminho. Anápolis, segundo ela, tem mais estrutura e pode cuidar, oferecendo qualidade de vida à população, o que não está ocorrendo nas mãos de Silvânia.  

 

Foto: Ismael Vieira / Diretoria de Comunicação