Amilton Filho relata falta de segurança no Terminal Urbano de Anápolis

por Marcos Vieira publicado 29/11/2017 18h47, última modificação 29/11/2017 18h47

O presidente Amilton Filho (SD) repercutiu na tribuna, nesta quarta-feira (29.nov), visita feita por ele ao Terminal Urbano de Anápolis para verificar as condições de segurança do usuário do transporte coletivo.

Munido de fotos tiradas no local por ele mesmo, Amilton disse que há iminente risco de acidente com as pessoas que frequentam o local, sobretudo porque elas são obrigadas a transitar de um lado para o outro do pátio de manobras dos ônibus, já que há boxes de embarque dos dois lados.

“Fui por volta das 18h no Terminal Urbano, na terça-feira [28.nov]. Fiquei lá uma hora e vi que com os boxes nos dois lados, as pessoas são obrigadas a atravessar a pista no meio dos ônibus e se não aconteceu um acidente, foi por Deus mesmo”, discursou Amilton.

O vereador ressaltou que a implantação desses novos boxes aconteceu porque o espaço do Terminal Urbano foi reduzido a partir da demolição de parte dele, no passado, por determinação judicial. Mas o presidente da Câmara lembrou que essa perda de espaço impactou, sobretudo, a rotina de quem é obrigado a usar o transporte coletivo.

Amilton demonstrou preocupação com crianças e jovens que usam o espaço, indo e voltando da escola, e disse ter visto também idosos fazendo a travessia do pátio sem segurança adequada. Segundo o presidente, há apenas dois fiscais com apitos tentando ordenar o tráfego interno, sem sucesso.

O presidente explicou que no contrato assinado pela empresa Urban com o poder público existe cláusula que determina a garantia de segurança dentro do Terminal Urbano. Por isso, além do alerta na tribuna ele afirmou que irá até a concessionária cobrar o fim das falhas. “Ônibus vindo, pessoas correndo: isso não é modelo de terminal urbano para uma cidade do porte de Anápolis”, completou.

Amilton também constatou outros problemas. Um deles é o fato de as pessoas desembarcarem dos ônibus ainda na rua, logo na entrada do terminal, e correrem no pátio de manobra, sem segurança alguma, em busca de outro veículo. “Há falhas também na iluminação”, enfatizou o presidente, que prometeu encaminhar todas as imagens feitas por ele à direção da Urban.