Alunos da Escola Sonho Meu participam do Projeto Escola do Legislativo durante sessão ordinária

por Fernanda Morais publicado 19/11/2018 13h21, última modificação 19/11/2018 13h21
Alunos da Escola Sonho Meu participam do Projeto Escola do Legislativo durante sessão ordinária

Alunos da Escola Sonho Meu participam do Projeto Escola do Legislativo durante sessão ordinária (Foto: Ismael Vieira)

Foi realizada na manhã desta segunda-feira (19.nov) mais uma edição do projeto “Escola do Legislativo”. Alunos do 4º ano da Escola Sonho Meu, localizada no Recanto do Sol, estiveram no plenário Teotônio Vilela para conhecer o Poder Legislativo, em uma palestra ministrada pela vereadora Professora Geli Sanches (PT).

Geli explicou como é o andamento de uma sessão ordinária, deu detalhes da importância da Câmara Municipal para a cidade e o papel do vereador nesse sistema. “Temos que estar sempre juntos do povo, ajudando na construção de uma sociedade melhor”, explicou a vereadora acrescentando que o Projeto Escola do Legislativo deu certo em Anápolis graças a essa interação ente Câmara Municipal e a comunidade escolar.

As crianças receberam uma cartilha sobre o funcionamento da Câmara Municipal, um material de apoio para a Escola do Legislativo, que trata das principais atribuições do Legislativo.

A professora Josilene Pereira disse que a visita a Câmara Municipal é uma extensão do conteúdo ministrado em sala de aula da disciplina de história. “Eles estão aprendendo sobre os três poderes constituídos, e essa visita foi muito boa para eles conhecerem na prática o funcionamento do Legislativo. A vereadora professora Geli está de parabéns por esse projeto que auxilia muito o trabalho das escolas da nossa cidade”, disse.

A diretora da escola, Luci Cândida Lupercino Ferreira participou das palestras junto com os alunos.

Os estudantes acompanharam os discursos na tribuna no decorrer do pequeno e grande expediente. O presidente Amilton Filho (SD) saudou as crianças e os educadores reafirmando que o Poder Legislativo segue de portas abertas para receber a sociedade.

Durante a visita, os alunos conheceram ainda a nova iniciativa da Câmara Municipal que é a tradução simultânea das sessões ordinárias em Libras (Língua Brasileira de Sinais) com os interpretes Pablo Henrique Braz e Thalita Costa Curado.