“Palavra do secretário Ismael Alexandrino empenhada com Anápolis não foi cumprida”, diz Wederson Lopes

por Marcos Vieira publicado 14/05/2019 17h04, última modificação 14/05/2019 17h04
“Palavra do secretário Ismael Alexandrino empenhada com Anápolis não foi cumprida”, diz Wederson Lopes

“Palavra do secretário Ismael Alexandrino empenhada com Anápolis não foi cumprida”, diz Wederson Lopes (Foto: Ismael Vieira)

O vereador Wederson Lopes (PSC) disse na tribuna, na sessão desta terça-feira (14.mai), que toda palavra empenhada com Anápolis pelo secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino Júnior não foi cumprida.

Comitiva de vereadores esteve com o secretário no dia 5 de abril, cobrando diversas demandas para a saúde anapolina. Entre elas, a renovação de convênio de R$ 429 mil por mês com a Santa Casa. O documento não foi assinado e a instituição foi obrigada a fechar seu pronto-socorro.

“Por isso me coloco à disposição para que possamos acampar na porta da Secretaria de Estado da Saúde”, ressaltou Wederson. O vereador lembrou que não basta renovar o convênio, é preciso fazer os repasses atrasados do ano passado e também os referentes a 2019.

“No momento da reunião o secretário falou que havia um entrave jurídico para esses pagamentos. Que se encontre uma solução dentro da lei, pois a falta desse dinheiro implicou no fechamento do pronto-socorro que atende milhares de pessoas”, frisou Wederson Lopes.

O vereador lembrou que a Câmara Municipal e o prefeito Roberto Naves (PTB) tem tratado a questão com toda a seriedade que ela merece, sem politizá-la. “A Câmara tem dado aula de responsabilidade, está mobilizada, através do prefeito, do pronunciamento emocionado do Pastor Elias na manhã de hoje e de todos os vereadores que se defenderam a Santa Casa”, disse Wederson.

registrado em: ,