Lisieux enumera fragilidades do sistema de abastecimento de água de Anápolis

por Marcos Vieira publicado 11/10/2017 15h37, última modificação 11/10/2017 15h37

O vereador Lisieux José Borges (PT) enumerou na tribuna, nesta quarta-feira (11.out), os motivos que fragilizam o sistema de abastecimento da Saneago em Anápolis, culminando com a falta de água em diferentes pontos da cidade, de maneira frequente.

Ele disse que o governo estadual havia dito que a água bruta estava garantida e que problemas com o tratamento só aconteceriam no futuro, com o crescimento da população, mas não é o que se vê atualmente.

“As falhas são repetitivas e em várias regiões”, ressaltou Lisieux, justificando que o desabastecimento acontece não somente por problemas pontuais de rompimento de redes, por exemplo.

Segundo o vereador, 80% da água que abastece Anápolis sai atualmente do Anicuns, e não do Piancó, como pensa a maioria. “E pasmem: há 20 dias tivemos um total colapso porque o Anicuns baixou, pois um produtor fez um represamento”, frisou Lisieux.

Diante do cenário atual e das informações da Saneago que nem sempre espelham a realidade, há de se colocar em dúvida se a transposição do Capivari para o Piancó, vendida como solução pelo governo estadual, trará de fato resultados.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados